24 de Novembro de 2011 / às 14:23 / em 6 anos

Agente de Kubica critica Renault e cogita troca de equipe

Por Alan Baldwin

SÃO PAULO (Reuters) - O empresário de Robert Kubica acusou a Renault de ter distorcido as palavras do piloto polonês sobre suas condições físicas para a temporada 2012 da Fórmula 1, e indicou que o polonês pode trocar de escuderia no próximo ano. A equipe rebateu as acusações.

A Renault disse na quarta-feira que Kubica perderá o início do próximo campeonato, em março, enquanto continua a recuperação após ter sofrido um acidente quase fatal numa corrida de rali em fevereiro.

O comunicado da equipe citava o piloto dizendo que “não estava certo” se ele estaria em forma para a corrida de abertura da temporada na Austrália, em 18 de março, mas o empresário Daniele Morelli foi mais incisivo.

“Não entendo por que a Renault mudou as palavras de Robert”, disse ele ao jornal Gazetta dello Sport desta quinta-feira.

“Não é verdade que ele não estará pronto para 2012, ele disse que não sabe se estará em forma para os testes de fevereiro. Nós continuamos contando com ele e esperamos que ele consiga, mas de qualquer forma o atraso seria de poucos meses.”

O chefe da Renault, Eric Boullier, disse que Morelli aprovou o comunicado e que estava intrigado sobre por que ele estava descontente com isso.

“Ele aprovou, então tudo está bem. Posso te mostrar o email. E agora ele está perturbado com não sei o que. Para ser honesto, não quero comentar porque é perda de tempo”, disse ele à Reuters no circuito de Interlagos.

O francês Romain Grosjean surgiu como principal candidato para guiar ao lado do russo Vitalty Petrov na equipe no ano que vem, substituindo o brasileiro Bruno Senna na vaga que pertence a Kubica.

O polonês, que foi substituído no início da temporada pelo alemão Nick Heidfeld, já teve seu nome ligado a uma mudança para a Ferrari, e Morelli disse que todas as opções estão em aberto.

“A Renault vai tomar a decisão deles sobre os pilotos, nós vamos olhar para as soluções alternativas”, disse ele, acrescentando que o contrato de Kubica não o impede de trocar de escuderia.

“O contrato não se renova para 2012, termina no final de dezembro. A partir de 1o de janeiro estamos livres para seguir em qualquer direção.”

Com reportagem de Mark Meadows

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below