26 de Novembro de 2011 / às 15:38 / 6 anos atrás

ENTREVISTA-Equipe Virgin mudará de nome e endereço

Por Alan Baldwin

SÃO PAULO (Reuters) - Yorkshire não é mais a casa da Virgin para John Booth.

O chefe da equipe de Fórmula 1 Virgin Racing, um ex-açougueiro nascido e criado em Rotherham, irá sair de São Paulo, cenário da última corrida da temporada no domingo, rumo à cidade inglesa de Banbury, que irá sediar toda a operação da escuderia sob um único teto.

No ano que vem, o time que estreou em 2010 com sede na pequena cidade de Dinnington, também na Inglaterra, será conhecido como Marussia F1, já que o fabricante de carros russo se tornou seu principal acionista.

A equipe, que não marcou um só ponto em 37 provas, se vê diante de um recomeço.

"É puxado, e a pior parte para mim é sentir que decepcionei um pouco as pessoas", disse Booth, ex-piloto e proprietário bem-sucedido de uma equipe de Fórmula 3, à Reuters em Interlagos quando indagado sobre a mudança.

"Fomos tão bem recebidos em Dinnington quando instalamos a fábrica lá, o apoio local foi incrível."

"De certa maneira sinto que os desapontei, mas essas coisas acontecem. É a coisa certa para a empresa, para a equipe."

A Virgin se separou da Wirth Racing Technologies, seu parceiro de criação original, em junho e adquiriu uma nova fábrica -pouco distante do circuito do Grande Prêmio de Silverstone.

A Wirth desenhou o carro original da Virgin inteiramente no computador, sem o uso de um túnel de vento, parte de um rompimento radical com as convenções da F1 também ditada pelo orçamento restrito do time.

A injeção de dinheiro da Marussia e a chegada de Pat Symonds, ex-diretor técnico da Renault, como consultor no escritório de criação mudaram a paisagem.

Symonds está proibido de ter qualquer envolvimento direto nos boxes da F1 até o final de 2012 por culpa de seu papel no escândalo de manipulação de resultados quando se descobriu que a Renault ordenou ao piloto brasileiro Nelsinho Piquet que batesse deliberadamente no GP de Cingapura de 2008.

"Não podemos chamá-lo de diretor técnico, então ele é um consultor técnico. Mas ele trabalha sete dias por semana aqui, está totalmente comprometido."

"Estamos construindo um belo carro no momento, e acho que será um passo adiante quando começarmos a testá-lo em fevereiro."

O alemão Timo Glock será um dos pilotos em 2012, e o segundo será anunciado "muito em breve", disse Booth.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below