Mancini é condenado à prisão por abuso sexual na Itália

segunda-feira, 28 de novembro de 2011 15:08 BRST
 

(Reuters) - O jogador do Atlético Mineiro Manicni foi condenado a dois anos e oito meses de prisão na Itália após ter sido considerado culpado de abuso sexual por um tribunal italiano, disse a agência de notícias Ansa nesta segunda-feira.

O ex-jogador da Roma, com passagem pela seleção brasileira, foi acusado de abusar de uma jovem brasileira no ano passado quando estava emprestado ao Milan pela rival Inter de Milão.

De acordo coma mídia italiana, Mancini, que viveu o auge de sua carreira na itália com a Roma entre 2003 e 2008, conheceu a mulher em uma festa.

(Por Mark Meadows)