Candidatura de Tóquio para Jogos-2020 aposta na "força da flor"

quarta-feira, 30 de novembro de 2011 14:28 BRST
 

Por Alastair Himmer

TÓQUIO (Reuters) - Os líderes da candidatura olímpica de Tóquio para os Jogos de 2020 garantem que não haverá erros desta vez, depois da derrota na corrida para sediar a Olimpíada de 2016, ao apresentarem uma deslumbrante flor de cerejeira como logo da candidatura, nesta quarta-feira.

Tóquio iniciou timidamente a caminhada para a corrida olímpica de 2020 após o terremoto e tsunami de março no Japão, que desencadearam uma crise nuclear numa usina de energia ao norte da capital.

O logotipo colorido, com a flor mais célebre do Japão em forma de coroa, foi criado por uma estudante universitária de arte e design para simbolizar a "revitalização".

O chefe do comitê de candidatura, Masato Mizuno, disse à Reuters: "É a idéia de 'voltar novamente'... os Jogos Olímpicos voltando à Tóquio, e o Japão voltando (do desastre)."

"Junto com o Monte Fuji, a flor de cerejeira é imediatamente reconhecível como um símbolo do Japão. Nós aprendemos muitas lições da última vez e temos de estar prontos neste momento. "

Tóquio, que sediou a primeira Olimpíada da Ásia em 1964, perdeu para o Rio de Janeiro na corrida para 2016.

O baixo apoio da população foi em grande parte culpado pela derrota, e o custo da reconstrução após o tsunami devastador no nordeste do Japão tinha deixado os preparativos para uma nova candidatura em situação delicada.

No entanto, o Comitê Olímpico Japonês (JOC, na sigla em inglês) decidiu em junho que existiam fundos suficientes para lançar uma nova candidatura, apesar da crise nuclear ainda presente.   Continuação...