Fifa autoriza não-israelense a jogar na seleção de Israel

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011 17:03 BRST
 

JERUSALÉM (Reuters) - A Fifa deu permissão para que um árabe druso das Colinas de Golã, ocupadas pelos israelenses, jogue pela seleção de Israel, embora ele não seja cidadão do país, informou a Federação de Futebol de Israel.

Weaam Amasha, do Maccabi Haifa, é o principal artilheiro da liga israelense nesta temporada, com 12 gols em 13 partidas, e marcou outros seis na temporada europeia de clubes, mas ele não podia jogar por Israel porque não tem passaporte israelense.

Ele nasceu no território das Colinas de Golã, que Israel capturou da Síria na guerra de 1967 e anexou em 1981 em uma ação que não teve o reconhecimento internacional.

Os drusos de Golã podem obter a cidadania israelense desde a anexação, mas a maioria deles, incluindo Amasha, ainda não fez a inscrição por ligações históricas com a Síria. Amashi viaja para o exterior com o Maccabi Haifa com um documento de viagem emitido pelos israelenses que não é um passaporte pleno.

(Por Ori Lewis)