Missão do Kashiwa Reysol no Mundial é parar Neymar

terça-feira, 13 de dezembro de 2011 17:02 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - O campeão japonês Kashiwa Reysol sabe que precisa parar o atacante Neymar se pretende surpreender e derrotar o Santos na quarta-feira, pela semifinal do Mundial de Clubes do Japão, em Toyota.

"Todo mundo fala sobre Neymar", disse nesta terça-feira a jornalistas o técnico do Kashiwa, o brasileiro Nelsinho Baptista.

"Ele não está só nas manchetes brasileiras. Ele tem um talento excepcional e muita classe, todas as ferramentas para tornar-se o melhor jogador do mundo", completou.

No entanto, Neymar, de 19 anos, não é o único a preocupar Nelsinho, que acredita que sua equipe, que eliminou o mexicano Monterrey nas quartas de final, pode conseguir uma vitória surpreendente.

"Neymar pode ser uma superestrela, mas o Santos tem outros como (Paulo Henrique) Ganso, Elano, uma lista... todos são jogadores incríveis de ataque", disse o técnico do Kashiwa.

Enquanto espera-se que o campeão europeu Barcelona, liderado pelo astro argentino Lionel Messi, supere com facilidade o Al Sadd, do Catar, na outra semifinal, na quinta-feira, uma final empolgante aguarda o Santos para domingo, em Yokohama.

Nelsinho, demitido do cargo de técnico do Santos em 2005 após uma goleada de 7 x 1 para o Corinthians, não quis descartar as chances de seu time atual.

"Vou bloquear qualquer sentimento pessoal que tenho pelo Santos e fazer o melhor trabalho que possa para o Reysol", disse o treinador, de 61 anos. "Respeito sua qualidade, mas vamos buscar a vitória."

TALENTO "ABSURDO"   Continuação...