16 de Dezembro de 2011 / às 20:18 / 6 anos atrás

SAIBA MAIS-Situação dos estádios para Copa de 2014

(Reuters) - Conheça o estágio das obras para construção ou reforma dos 12 estádios que vão receber jogos da Copa do Mundo de 2014. Os dados referem-se até 30 de novembro.

CIDADE: Belo Horizonte / Estádio: Mineirão (sede da Copa das Confederações)

Execução: 40 por cento da reforma concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: janeiro 2010/dezembro 2012

Custo: 666 milhões de reais

Proprietário: governo estadual

Capacidade: 64,5 mil lugares

CIDADE: Brasília / Estádio: Nacional de Brasília/Mané Garrincha (sede da Copa das Confederações)

Execução: 42 por cento da obra concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: maio 2010/dezembro 2012

Custo: 745,3 milhões de reais

Proprietário: governo do Distrito Federal

Capacidade: 71 mil lugares

CIDADE: Cuiabá / Estádio: Arena Pantanal

Execução: 35 por cento da obra concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: abril 2010/dezembro 2012

Custo: 580 milhões de reais

Proprietário: governo estadual

Capacidade: 43,6 mil lugares

CIDADE: Curitiba / Estádio: Arena da Baixada

Execução: 55 por cento da reforma concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: outubro 2011/dezembro 2012

Custo: 180 milhões de reais

Proprietário: Atlético Paranaense

Capacidade: 42 mil lugares

CIDADE: Fortaleza / Estádio: Castelão (sede da Copa das Confederações)

Execução: 50 por cento da reforma concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: março 2011/dezembro 2012

Custo: 474,8 milhões de reais

Proprietário: governo estadual

Capacidade: 66 mil lugares

CIDADE: Manaus / Estádio: Arena da Amazônia

Execução: 30 por cento da obra concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: março 2010/dezembro 2013

Custo: 499,5 milhões de reais

Proprietário: governo estadual

Capacidade: 44,3 mil lugares

CIDADE: Natal / Estádio: Estádio das Dunas

Execução: 11 por cento da obra concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: agosto 2011/dezembro 2013

Custo: 400 milhões de reais

Proprietário: governo estadual

Capacidade: 45 mil lugares, sendo 10 mil removíveis

CIDADE: Porto Alegre / Estádio: Beira-Rio

Execução: não divulgada

Início da obra/Prazo de conclusão: agosto de 2010, porém está paralisada desde maio de 2011

Custo: 290 milhões de reais

Proprietário: Internacional

Capacidade: 60,8 mil lugares

CIDADE: Recife / Estádio: Arena Pernambuco (possível sede da Copa das Confederações)

Execução: 22 por cento da obra concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: outubro 2010/julho 2013

Custo: 532 milhões de reais

Proprietário: governo estadual

Capacidade: 46 mil lugares

CIDADE: Rio de Janeiro / Estádio: Maracanã (sede da Copa das Confederações)

Execução: 30 por cento da reforma concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: agosto 2010/fevereiro 2013

Custo: 775,8 milhões de reais

Proprietário: governo estadual

Capacidade: 76 mil lugares

CIDADE: Salvador / Estádio: Arena Fonte Nova (possível sede da Copa das Confederações)

Execução: 35 por cento da obra concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: junho 2010/dezembro 2012

Custo: 591 milhões de reais

Proprietário: governo estadual

Capacidade: 50 mil lugares

CIDADE: São Paulo / Estádio: Arena Corinthians

Execução: 19 por cento da obra concluída

Início da obra/Prazo de conclusão: maio 2011/dezembro 2013

Custo: 820 milhões de reais

Proprietário: Corinthians

Capacidade: 68 mil lugares, sendo 20 mil removíveis a um custo de cerca de 50 milhões de reais

Fonte: Sindicato Nacional da Arquitetura e da Engenharia (Sinaenco) e construtoras dos estádios

Reportagem de Pedro Fonseca no Rio de Janeiro e Tatiana Ramil em São Paulo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below