"Dossiê pessoal" de Blatter sobre Copa 2014 aumenta preocupações

sábado, 17 de dezembro de 2011 15:25 BRST
 

TÓQUIO, 17 Dez (Reuters) - A crescente preocupação da Fifa com os problemas de organização do Brasil para a Copa 2014 fizeram com que o presidente Sepp Blatter fizesse um "dossiê pessoal".

A Fifa confirmou que Ricardo Teixeira, presidente Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e chefe do comitê de organização, deve se licenciar no próximo mês.

A entidade dirigente do futebol também reiterou suas preocupações com a infraestrutura e situação legal quanto a organização do evento.

O Congresso Brasileiro ainda tem que aprovar a chamada Lei Geral da Copa, que dá à Fifa controle sobre os preços dos ingressos, bem como sua distribuição e também implementa as regras da Fifa em assuntos como pirataria, comercialização e vendedores ambulantes não-licenciados.

Um dos principais pontos da lei é a anulação da proibição da venda de bebidas alcoólicas em estádios.

O governo brasileiro também quer baratear os ingressos para estudantes, aposentados e índios nativos.

"Estamos preocupados porque ainda não recebemos a confirmação da lei Geral da Copa," disse o secretário-geral da Fifa Jerome Valcke após uma reunião do comitê executivo.

"De qualquer maneira, há um encontro no parlamento na próxima semana que deve aprovar a lei com a qual concordamos com o governo brasileiro em 2007."

Ele acrescentou: "Não há dúvida que o Brasil não avançou muito longe, apesar de o nível das cidades cede estar bom. Ainda há problemas com aeroportos e estradas, e não há muito transporte público."   Continuação...