John Terry será indiciado por acusação de racismo em campo

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011 14:18 BRST
 

21 Dez (Reuters) - O capitão do Chelsea, John Terry, será indiciado por uma acusação de racismo contra um adversário durante partida do Campeonato Inglês em outubro, informaram autoridades britânicas nesta quarta-feira.

"Estou convencido de que há provas suficientes para uma possibilidade real de condenação, e é do interesse público se investigar este caso", disse Alison Saunders, promotor-chefe de Londres, em comunicado.

"O sr. Terry vai comparecer diante da Corte de Magistrados do Oeste de Londres em 1o de fevereiro de 2012."

A polícia estava investigando as acusações de que Terry disse ofensas racistas ao zagueiro do Queens Park Rangers Anton Ferdinand durante uma partida do Campeonato Inglês.

Terry negou ter cometido qualquer ato de racismo contra Ferdinand, que é irmão do também zagueiro e companheiro de longa data de Terry na seleção inglesa, Rio Ferdinand.

Na terça-feira, o atacante uruguaio do Liverpool Luis Suárez foi suspenso por oito jogos e multado em 40 mil libras pela Associação de Futebol da Inglaterra após ter sido acusado de racismo pelo lateral francês do Manchester United Patrice Evra.

(Reportagem de Keith Weir)

 
John Terry, do Chelsea, durante jogo do Campeonato Inglês contra o Newcastle United. O capitão do Chelsea será indiciado por uma acusação de racismo contra um adversário durante partida do Campeonato Inglês em outubro, informaram autoridades britânicas nesta quarta-feira.
    "Estou convencido de03/12/2011  REUTERS/Nigel Roddis