Copa terá 32 mil ingressos para deficientes, diz Romário

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011 17:13 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Copa do Mundo de 2014 terá 32 mil ingressos para portadores de deficiência e de necessidades especiais, anunciou nesta sexta-feira o deputado federal Romário (PSB-RJ) ao lado do também ex-jogador Ronaldo, que é membro do conselho de administração do Comitê Organizador Local da Copa.

De acordo com os dois ex-atacantes, campeões do mundo em 1994, cerca de 500 entradas por jogo do Mundial serão distribuídas para os portadores de necessidades especiais. A Copa terá 64 partidas.

"Fiz um pedido ao Ricardo Teixeira e ao Ronaldo sobre a possibilidade de termos alguma conquista para essa classe de deficientes. O Ricardo me passou que, independentemente de qualquer coisa, a CBF vai doar 32 mil ingressos", disse Romário a jornalistas durante evento no Rio.

O deputado classificou o feito como a principal conquista de seu primeiro ano de mandato na Câmara dos Deputados.

O anúncio foi feito uma semana depois de uma reunião de reaproximação entre Romário, Teixeira e Ronaldo na sede do COL, no Rio de Janeiro.

Romário era um dos principais críticos à preparação do Brasil para o Mundial, e chegou até a pedir que Teixeira fosse afastado de suas funções até que fossem apuradas denúncias de irregularidades contra ele.

Campeão do mundo também em 2002, Ronaldo comemorou o anúncio e lembrou da promessa que fez quando assumiu o cargo no comitê.

"Gostaria de dizer que esse pedido em favor dos deficientes, nós é que temos que agradecer. Quando cheguei para o COL disse que a Copa deveria ser do povo, e ela vai ser", garantiu.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)