Scholes adia aposentadoria e retorna ao Manchester

domingo, 8 de janeiro de 2012 14:18 BRST
 

MANCHESTER, 8 Jan (Reuters) - O ex-meiocampista inglês Paul Scholes adiou sua aposentadoria e voltou a jogar pelo Manchester United em partida pela terceira rodada da FA Cup neste domingo, após fechar um contrato com o clube até o final da atual temporada.

Aos 37 anos, o jogador que havia encerrado a carreira no final da temporada passada, substituiu Nani aos 14 minutos do segundo tempo, quando o Manchester vencia por 3-1.

Para surpresa geral, ele foi listado no banco de reservas para a partida deste domingo, após uma série de problemas com contusão pelo qual o Manchester passou na temporada, com os meiocampistas Tom Cleverley, Darren Fletcher e Anderson fora de atividade por um grande período.

No site oficial do clube (www.manutd.com), o técnico Alex Ferguson afirmou que "é fantástico que Paul tenha tomado esta decisão. É sempre triste ver grandes jogadores encerrarem suas carreiras, especialmente quando o fazem cedo".

"Mas ele manteve-se em ótima forma, e eu sempre imaginei que poderia trabalhar com ele em mais uma temporada. É fantástico tê-lo de volta."

Scholes jogou 676 partidas pelo Manchester entre 1994 e 2011, marcou 150 gols e ajudou o clube a conquistar duas Ligas dos Campeões da UEFA, 10 títulos do Campeonato Inglês e três FA Cups.

"Sempre tive muito claro desde que parei que sentiria falta de jogar", disse.

"Estou muito feliz de que o técnico acredite que ainda posso contribuir com a equipe, e estou ansioso para fazer minha parte e ajudar o clube a obter mais sucesso."

Michael Carrick e Ryan Giggs eram os únicos meiocampistas com experiência e em condições físicas à disposição de Ferguson nas últimas semanas.

A última aparição de Scholes havia sido na partida pela Liga dos Campeões, em que o Manchester foi derrotado por 3-1 pelo Barcelona, em Wembley, em maio do ano passado.