Cantona "se candidata à Presidência” para lutar pelos pobres

terça-feira, 10 de janeiro de 2012 15:08 BRST
 

PARIS (Reuters) - O ex-jogador de futebol que virou ator Eric Cantona lançou uma candidatura de brincadeira à Presidência da França nesta terça-feira, em uma jogada cujo objetivo era chamar a atenção para a situação de milhões de pessoas pobres e desabrigadas.

Uma foto do ex-atacante do Manchester United apareceu na primeira página do jornal de esquerda Libération, perto da manchete "Cantona entra na campanha" e do texto dizendo que ele precisava de 500 assinaturas para concorrer ao principal cargo do país.

O jornal deixou claro que Cantona não disputaria a eleição, mas queria usar a publicidade para fazer uma campanha para melhorar a habitação para 10 milhões de pessoas que ele diz estarem fora do mercado imobiliário.

"A habitação não é apenas um problema real. É um problema que é realmente tratado com desprezo", disse Cantona, de 45 anos, ao jornal.

O anúncio realmente conseguiu levar a questão para a agenda política, pelo menos por algumas horas.

Ministros do presidente Nicolas Sarkozy foram rápidos em adotar o tema que não havia aparecido até agora nos debates, a apenas 100 dias do primeiro turno da eleição presidencial, em 22 de abril.

"Eric Cantona está destacando uma questão real," disse Nathalie Kosciuski-Morizet, ministra do Meio Ambiente.

"Ele está certo quando diz que o padrão habitacional deficiente é uma questão apesar de todos os esforços do governo", disse ela à rádio Europe 1.

(Reportagem de Brian Love)