Fifa cobra aprovação de Lei da Copa até março

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 15:39 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 13 Jan (Reuters) - Antes de sua primeira viagem ao Brasil neste ano para inspecionar os preparativos do país para a Copa do Mundo de 2014, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, cobrou nesta sexta-feira pressa na aprovação pelo Congresso da Lei Geral da Copa, que parou num impasse no fim do ano passado.

A lei, um conjunto de medidas que regulamenta a realização do Mundial da Fifa desde o preço dos ingressos à proteção das marcas de patrocinadores, ainda não foi aprovada numa comissão especial da Câmara dos Deputados devido a desavenças entre os parlamentares sobre algumas exigências da federação internacional.

Valcke visitará na semana que vem as obras dos estádios de Fortaleza e Salvador acompanhado do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e do ex-jogador e membro do comitê organizador local da Copa Ronaldo, mas ressaltou que "a Lei da Copa será a base do sucesso brasileiro na organização do torneio".

"Por este motivo, aproveitarei a estada no Brasil para fazer diversas reuniões com as várias partes interessadas para explicar questões específicas face a face e para garantir que possamos fechar este capítulo até março. O tempo está passando rápido como nunca e a expectativa aumenta para todos nós", afirmou Valcke em comunicado divulgado pela Fifa.

A expectativa do governo era conseguir aprovar a Lei na Comissão Especial da Câmara em dezembro, mas diferenças sobre um artigo que determina a responsabilização civil da União em caso de eventuais incidentes durante o Mundial e a questão da venda de bebida alcoólica nos estádios na Copa adiaram a votação para este ano.

A lei, que só voltará a ser debatida após o fim do recesso parlamentar, em 1o de fevereiro, ainda precisará passar pelo plenário da Câmara e pelo Senado depois de ser aprovada na comissão.

A viagem com Valcke a Fortaleza e Salvador marcará o primeiro compromisso oficial de Ronaldo desde que assumiu como membro do comitê organizador da Copa. As visitas a Fortaleza e Salvador acontecerão na terça-feira.

"O ano de 2012 será importante para nós e esta viagem conjunta reitera que todos nós temos de trabalhar juntos para fazermos de 2014 uma festa magnífica e para deixarmos um legado ao Brasil para além do apito final", disse Ronaldo no comunicado.

Fortaleza, cujo estádio Castelão está com as obras adiantadas, será uma das sedes da Copa das Confederações de 2013 e palco de seis jogos da Copa, incluindo uma das quartas de final. Salvador foi selecionada condicionalmente como sede da Copa das Confederações. Uma decisão final sobre a cidade será anunciada em junho.

Durante a visita ao Brasil, Valcke participará ainda de uma reunião do comitê organizador local no Rio de Janeiro no dia 19, em que serão debatidos os principais marcos deste ano, como o lançamento do slogan e da mascote oficial do Mundial, o anúncio do calendário de jogos da Copa das Confederações e o sorteio da competição, que marcará também o início da venda de ingressos.

(Por Pedro Fonseca)