Pepe é criticado até em Madri por pisão em Messi

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012 12:18 BRST
 

MADRI, 19 Jan (Reuters) - A imprensa madrilenha, geralmente fiel ao Real Madrid, criticou duramente nesta quinta-feira o zagueiro luso-brasileiro Pepe por ter pisado na mão de Lionel Messi durante a derrota de quarta-feira para o Barcelona, pelas quartas de final da Copa do Rei.

Um articulista do Marca escreveu que Pepe, que jogou improvisado no meio-campo, teve um comportamento "vergonhoso" e "intolerável". No Ás, um colunista afirmou que o jogador merece ser punido e enfrentar a "condenação geral".

Pepe, que já havia levado cartão amarelo por uma entrada em Sergio Busquets, deliberadamente pisou na mão de Messi quando faltavam cerca de 20 minutos para o fim do jogo, e o Barça já havia conseguido virar sobre o Real em pleno estádio Santiago Bernabeu. O árbitro aparentemente não percebeu o incidente.

A reação teatral de Pepe após se enroscar com Cesc Fábregas no começo do segundo tempo, rolando no gramado com as mãos no rosto, também foi criticada.

"Violento, com excessiva agressão, encenando e muito longe do que deveria ser o comportamento de um jogador em uma partida de alto nível", descreveu o Marca.

"Além disso, seu problema é que ele é reincidente", lembrou o jornal, evocando um fato da temporada de 2008/09, quando ele foi suspenso por dez jogos após chutar um adversário caído no chão.

A vitória de 2 x 1 do Barcelona sobre o Real foi a nona do técnico Pep Guardiola em 13 "clássicos" disputados por ele desde 2008 contra o Real Madrid.

 
Pepe, do Real Madrid, disputa bola com Lionel Messi, do Barcelona, em jogo da Copa do Rei, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. 18/01/2012  REUTERS/Susana Vera