Valência tenta reduzir custos de corrida da F1

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012 16:34 BRST
 

MADRI, 19 Jan (Reuters) - O governo regional de Valência, na Espanha, está negociando com o chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, para tentar diminuir o custo de sediar um grande prêmio na cidade, disse o governador Alberto Fabra na quinta-feira.

De acordo com a mídia local, o governo de Valência, que está altamente endividado, paga cerca de 20 milhões de euros (25,6 milhões de dólares) para sediar o Grande Prêmio da Europa e firmou um contrato de 10 anos em junho passado.

A região, no entanto, está sob pressão para fazer cortes profundos no orçamento, como parte de um plano de austeridade promovido pelo governo central da Espanha, e Fabre disse que tenta uma "substancial redução nos custos".

"Estamos buscando alternativas diversas que não constituam um investimento significativo", disse ele à rádio espanhola. "Ao mesmo tempo, elas terão de servir como uma atração para que muitas pessoas venham para a região", acrescentou.