24 de Janeiro de 2012 / às 15:03 / 6 anos atrás

Federer e Nadal vencem e vão se enfrentar nas semis na Austrália

Rafael Nadal, da Espanha, devolve bola contra tcheco Tomas Berdych nas quartas de final do Aberto da Austrália, em Melbourne. 24/01/2012 REUTERS/Vivek Prakash

Por Ian Ransom

MELBOURNE, 24 Jan (Reuters) - Os rivais Roger Federer e Rafael Nadal vão se enfrentar numa muito aguardada semifinal do Aberto da Austrália, após ambos terem vencido seus jogos das quartas de final nesta terça-feira de forma contrastante.

O suíço Federer deu uma aula ao argentino Juan Martín Del Potro ao derrotá-lo por 6-4, 6-3 e 6-2, comemorando uma vitória arrasadora em seu jogo de número 1.000 na carreira como profissional, enquanto Nadal precisou lutar bastante para avançar.

O espanhol saiu perdendo para o tcheco Tomas Berdych e precisou de quase quatro horas de partida para conseguir a virada por 6-7, 7-6, 6-4 e 6-3.

Federer, que busca seu 17o título de torneios do Grand Slam e seu quinto no Melbourne Park, nunca esteve em risco contra Del Potro no reencontro entre os dois finalistas do Aberto dos EUA de 2009, que foi vencido pelo argentino.

Apesar do calor escaldante na Rod Laver Arena, Federer, de 30 anos, fez prevalecer sua experiência para dar o troco dessa vez.

Com a sombra avançando sobre a quadra central, Federer cometeu uma dupla falta que deu a seu adversário dois break points, e o suíço depois precisou salvar outros dois para fechar o segundo set.

Após salvar o quarto dos break points com um impressionante winner na linha, o suíço normalmente de temperamento frio deixou escapar um grito de euforia que ilustrou a importância do momento para ele.

“Sabia do perigo que era jogar com Juan Martín, então esse foi provavelmente meu maior teste”, disse o suíço terceiro cabeça de chave, que com a vitória chegou a sua 30a semifinal em Grand Slams, a nona consecutiva no Aberto da Austrália.

VIRADA ESPETACULAR

A vida de Nadal foi bem mais complicada. Após perder o primeiro set e com um set point contra na parcial seguinte, o espanhol arrancou para uma recuperação espetacular já durante a noite.

Vestido de verde e correndo de um lado ao outro sem parar, o espanhol -campeão na Austrália em 2009, conseguiu equilibrar uma partida que foi dominada no início por Berdych e conseguiu vários pontos indo à rede.

A pressão deu resultado e Berdych, sétimo pré-classificado, cedeu uma quebra decisiva no quarto set e outro quando sacava para seguir vivo na competição.

Com a vitória, o número dois do mundo continua em busca de seu 10o título de um Grand Slam.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below