Mourinho diz que Pepe vai enfrentar Barça se estiver em forma

terça-feira, 24 de janeiro de 2012 16:38 BRST
 

Por Iain Rogers

MADRI, 24 Jan (Reuters) - O zagueiro luso-brasileiro do Real Madrid Pepe vai enfrentar o Barcelona no jogo de volta das quartas de final da Copa do Rei se estiver em forma, apesar da controvérsia sobre o pisão em Lionel Messi na semana passada no primeiro jogo, disse o técnico José Mourinho nesta terça-feira.

Pepe negou ter pisado de propósito na mão de Messi na derrota de 2 x 1 do Real. O incidente, flagrado pelas câmeras de TV, não foi visto pelo árbitro, que já tinha dado um cartão amarelo ao zagueiro por uma falta dura em Sergio Busquets.

Pepe, de 28 anos, ficou de fora do jogo de domingo do Campeonato Espanhol contra o Athletic Bilbao. Ele está liberado para o jogo de volta da Copa do Rei no Camp Nou, depois que a federação espanhola decidiu não tomar qualquer medida sobre o incidente com Messi.

Em uma entrevista coletiva, onde seu notável relacionamento difícil com a imprensa ficou mais uma vez evidente, o treinador Mourinho disse que Pepe e os meias Lassana Diarra e Esteban Granero Estão com pequenas contusões e que a escalação deles na partida vai depender de avaliações feitas na quarta-feira.

"Temos três jogadores com problemas, incluindo Lass e Granero", disse Mourinho, que deu apenas respostas curtas para a maioria das perguntas.

"Se ele estiver fisicamente bem, ele joga", acrescentou Mourinho sobre Pepe.

O Barça decidiu não denunciar Pepe pelo incidente e disse que cabia às autoridades esportivas tomar a iniciativa.

Com cinco derrotas e apenas uma vitórias em nove jogos contra o Barcelona desde que assumiu o Real Madrid, Mourinho recusou-se a dizer o que pretende fazer em campo para reverter essa série de resultados negativos.

"Não vou responder", disse ele quando indagado sobre sua estratégia. "Eu sou o técnico e a decisão é minha e eu não tenho que anunciá-la publicamente".

 
Pepe, do Real Madrid, e Lionel Messi, do Barcelona, durante jogo da Copa do Rei em Madri. 18/01/2012 REUTERS/Felix Ordonez