Djokovic elimina Ferrer na Austrália e enfrentará Murray na semi

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 11:33 BRST
 

MELBOURNE, 25 Jan (Reuters) - O atual campeão do Aberto da Austrália, Novak Djokovic, superou uma lesão na perna para derrotar o espanhol David Ferrer por 6-4, 7-6 e 6-1 nesta quarta-feira e chegar à semifinal contra o britânico Andy Murray, uma repetição da final do ano passado.

Quando vencia por 2-1 no segundo set, Djokovic tropeçou ao defender um 'break point', e reclamou de dor na perna esquerda.

Caminhando com cuidado durante os pontos, mas ainda com grande desenvoltura, o número um do mundo sobreviveu a um vibrante segundo set e acabou com as chances do nervoso Ferrer ao quebrar o serviço do espanhol no começo da terceira série.

Ferrer, quinto cabeça-de-chave, não conseguiu segurar o ímpeto do sérvio, que fechou o último set em 30 minutos com um 'ace'.

Murray, adversário de Djojkovic na semifinal, passou sem dificuldades pelo japonês Kei Nishikori por 6-3, 6-3 e 6-1 para alcançar sua terceira semifinal consecutiva no torneio. Ele busca seu primeiro título em Grand Slam.

Nishikori, primeiro japonês a se clasificar para as quartas de final em Melbourne em 80 anos, teve apoio da torcida, mas não conseguiu fazer nada diante de um implacável Murray numa partida que durou duas horas e 12 minutos.

 
Novak Djokovic, da Sérvia, comemora após derrotar o espanhol David Ferrer durante as quartas de final do Aberto da Austrália, em Melbourne. 25/01/2012 REUTERS/Toby Melville