27 de Janeiro de 2012 / às 16:43 / 6 anos atrás

Sino gigante vai abrir Olimpíada de Londres

Por Mike Collett-White

LONDRES, 27 Jan (Reuters) - O cineasta Danny Boyle, que supervisiona a programação da cerimônia de abertura da Olimpíada de Londres, revelou na sexta-feira que o evento será chamado de "Ilhas da Maravilha" e envolve um grande sino e várias enfermeiras.

Estas serão um tributo ao Serviço Nacional de Saúde, uma organização pública da qual, segundo o diretor, os britânicos são muito orgulhosos. O nome do evento é inspirado na obra do maior de todos os dramaturgos, William Shakespeare.

Um sino gigante, feito especialmente para a cerimônia, soará para marcar o início das festividades.

Boyle, o diretor laureado pelo Oscar por "Quem Quer Ser um Milionário", disse a jornalistas que planeja um show menos espetacular do que o apresentado em Jogos recentes, em parte como consequência das restrições orçamentárias.

"Queremos dar uma sensação íntima e pessoal à cerimônia de abertura", afirmou ele. "Não queremos ser comandados pela audiência da TV, que é de 1 bilhão de pessoas e não é insignificante. Mas queremos que as 80 mil pessoas sortudas o bastante para estar ali (no estádio) sejam conduzidas de forma que sintam essa experiência."

A ideia dele é basear-se na cerimônia de abertura dos Jogos de Sydney-2000, em vez da de Pequim-2008.

"Obviamente o espetáculo de Pequim era de tirar o fôlego, a escala dele, e a beleza de Atenas (2004) é muito, muito inspiradora, mas digo que Sydney é algo que nos inspirou porque Sydney deu uma sensação de uma Olimpíada dos povos."

"A redução na escala é inevitável", acrescentou ele.

Stephen Daldry, encarregado das quatro cerimônias olímpicas - abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos --, defendeu a decisão do governo de praticamente dobrar o orçamento total para mais de 80 milhões de libras (127 milhões de dólares).

"Mesmo com o investimento extra do governo aos 40 milhões previstos para as cerimônias na candidatura original, Londres gastará muito menos, consideravelmente menos, do que foi gasto nos dois últimos Jogos de verão", afirmou Daldry.

Sebastian Coe, presidente do comitê Londres-2012, acrescentou que se estima que a publicidade da TV e outras receitas provenientes das cerimônias sejam equivalentes a entre 2 e 5 bilhões de libras.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below