Roberto Carlos diz que vai deixar de jogar no final do ano

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 13:29 BRST
 

MADRI, 30 Jan (Reuters) - O zagueiro brasileiro Roberto Carlos disse que irá pendurar as chuteiras no final de 2012, mas continuará a trabalhar para o clube russo Anzhi Makhachkala, da primeira divisão.

Campeão mundial pelo Brasil em 2002, Roberto Carlos fará 39 anos em abril. Ele joga para o ambicioso e rico clube da região do norte do Cáucaso desde fevereiro, e assumiu o cargo de gerente-adjunto por um período no final do ano passado.

"Meu contrato com o Anzhi termina em junho de 2013, mas em dezembro eu tenho a chance de parar de jogar", ele declarou ao diário de esportes espanhol Marca, nesta segunda-feira.

"Depois disso vou continuar como assistente do presidente Suleiman Kerimov, porque com ele eu tenho um contrato para a vida toda. Ele me pediu para ajudar a criar uma estrutura para o clube para os próximos 10 anos."

Questionado sobre se confirmava que pararia de jogar em dezembro, ele respondeu: "Sim, eu vou. É o momento para pendurar as chuteiras."

"Eu joguei futebol por muitos anos e não acho que meu corpo aguenta mais tanta atividade física, as viagens, os hotéis... Eu virei profissional há 17 anos, mas jogo há 22 anos. Este é o meu último ano."

"Não estou parando por estar machucado, mas porque eu vejo minha carreira esportiva como completa. Eu joguei pelo Palmeiras, pelo Real Madrid, Inter de Milão. Experimentei tudo como jogador. Agora quero descansar e passar mais tempo com a minha família."

(Por Mark Elkington)

 
O ex-zagueiro brasileiro Roberto Carlos observa o aquecimento antes de uma partida pelo Anzhi Makhachkala contra o Zenit St.Petersburg, na capital chechena Grozny, em março de 2011. Foto de arquivo 01/03/2011  REUTERS/S.Dal