Treinador de Muhammad Ali morre aos 90 anos

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 12:18 BRST
 

Por Jahmal Corner

LOS ANGELES, 2 Fev (Reuters) - O celebrado treinador de boxe Angelo Dundee, que participou das maiores lutas de Muhammad Ali, morreu na quarta-feira aos 90 anos de idade.

"Angelo morreu cercado de familiares e amigos", disse sua família em um comunicado. "Ele ficou muito feliz por ter celebrado o aniversário (de 70 anos) de Ali no início deste ano e também porque entrou para o Hall da Fama. Ele ainda tinha tanto a fazer, mas teve uma vida completa e extraordinária."

Famoso por sua habilidade em motivar a desafiar o melhor dos boxeadores, Angelo morreu em sua casa em Tampa, na Flórida.

Além de trabalhar com Ali pela maior parte da carreira do boxeador, Dundee treinou 15 campeões mundiais no total, incluindo Sugar Ray Leonard e George Foreman.

Dundee trabalhou durante seis décadas e entrou para o Hall da Fama Internacional do Boxe em 1994, cimentando seu legado como um trunfo inestimável para alguns dos boxeadores mais condecorados de todos os tempos.

"Ali era essa figura inacreditável, um rapaz que simbolizou toda uma era da cultura americana e que era idolatrada em todo o mundo", disse à Reuters o promotor de boxe Bob Arum.

"E durante todo esse tempo a pessoa ao seu lado foi Dundee. Por isso, ele será lembrado para sempre".