SAIBA MAIS-Desastres em estádios de futebol

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 14:46 BRST
 

LONDRES, 2 Fev (Reuters) - Ao menos 74 pessoas morreram em um tumulto durante uma partida de futebol na cidade egípcia de Port Said na quarta-feira.

A seguir, alguns dos principais desastres em estádios de futebol a partir de 1960:

Maio 1964 - PERU - Em um dos piores desastres da história, mais de 300 torcedores morreram e 500 ficaram feridos durante uma partida eliminatória para as Olimpíadas em Lima.

Jan. 1971 - GRÃ-BRETANHA - Sessenta e seis pessoas morreram em um confronto no estádio de Ibrox, em Glasgow, na saída de uma partida entre o Rangers e o Celtic.

Out. 1982 - RÚSSIA - Torcedores foram esmagados enquanto deixavam um jogo da Copa da Uefa que terminou em empate entre o Spartak de Moscou e o time holandês HFC Haarlem no estádio de Luzhniki, em Moscou. As autoridades da antiga União Soviética não informaram sobre a tragédia por anos. Quando o fizeram, apresentaram o número total de mortes em 66, embora o número de vítimas possa ter chegado a 340.

Maio 1985 - GRÃ-BRETANHA - Ao menos 56 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas com um incêndio nas arquibancadas em Bradford.

Maio 1985 - BÉLGICA - Trinta e nove torcedores, na maioria italianos, morreram em um tumulto antes da final da Copa Europeia entre o Juventus, da Itália, e o clube inglês Liverpool no Estádio Heysel, em Bruxelas.

Março 1988 - NEPAL - Um corre-corre em direção às saídas que estavam trancadas durante uma chuva de granizo no estádio de Kathmandu causou a morte de mais de 90 torcedores.

Abril 1989 - GRÃ-BRETANHA - Noventa e seis pessoas morreram e ao menos 200 ficaram feridas no pior desastre esportivo da Grã-Bretanha, depois que uma multidão prensou torcedores contra as grades em uma semifinal da Copa da Inglaterra entre o Liverpool e o Nottingham Forest no estádio de Hillsborough, em Sheffield.   Continuação...