Ano da F1 pode ter batalha de feios, diz ex-dirigente da Jordan

sábado, 4 de fevereiro de 2012 13:06 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES, 4 Fev (Reuters) - Os carros de Fórmula 1 da próxima temporada não são um colírio para os olhos, mas pelo menos um 'patinho feio' parece capaz de se transformar em um cisne ao longo do ano.

Gary Anderson, o irlandês que desenhou o primeiro carro da Jordan mais de 20 anos atrás, disse à Reuters que viu oportunidades desperdiçadas e ideias originais no que apareceu até agora dos carros de 2012.

Se os narizes dos carros de Caterham (ex-Lotus), Ferrari e Force são visualmente feios, ele acha que a McLaren pode ter jogado fora um bom truque em sua abordagem mais refinada.

Anderson, atualmente analista técnico da rede BBC, onde Eddie Jordan é comentarista, declarou que a Force India apresentada em Silverstone na sexta-feira foi o carro que mais o impressionou.

"Vendo o carro, em relação aos outros, vejo um grande passo adiante", disse ele. "E não foram lentos no final do ano passado".

"Não estou dizendo que vão derrotar Red Bull, McLaren ou Ferrari, mas acho que elas (as principais equipes) podem ficar de olho nos tempos das voltas desses caras só pra ter certeza de que não vão ficar para trás", acrescentou Anderson.

O novo carro da Caterham não despertou tanto entusiasmo, embora Anderson creia que também caminhe na direção certa em sua solução para as mudanças exigidas no escapamento e na aerodinâmica.

A Ferrari, que lançou seu carro na Internet na sexta-feira depois que a neve pesada em Maranello, sua sede na Itália, obrigou o cancelamento de uma apresentação na pista, causou choque ao exibir o F2012.   Continuação...