Madonna deslumbra durante show de intervalo do Super Bowl

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012 10:14 BRST
 

Por Chris Michaud

6 Fev (Reuters) - A superestrela do pop Madonna deslumbrou os fãs de futebol americano e mais de 100 milhões de telespectadores apenas nos Estados Unidos com seu espetáculo durante o intervalo do Super Bowl, na noite de domingo.

Madonna, ao estilo Cleópatra, foi carregada por musculosos gladiadores para o palco montado no gramado do estádio Lucas Oil, em Indianápolis. Ela foi a primeira mulher a se apresentar no intervalo do Super Bowl desde a notória apresentação de Janet Jackson, em 2004, quando ocorreu um "problema com o figurino" que a deixou com o seio a mostra.

Vestida com adereços egípcios, com enfeite para a cabeça e botas pretas com tachas, a estrela do pop lançou o seu hit "Vogue", com muitas luzes, efeitos visuais e a contribuição da trupe canadense Cirque du Soleil.

Depois, ela cantou "Music", que foi seguida pela música inspirada nas líderes de torcida "Give Me All Your Luvin'", do último álbum da Madonna.

Após uma pequena combinação de "Open Your Heart" e "Express Yourself", Madonna fechou sua apresentação vestida com uma toga preta, ao estilo gospel, cantando "Like a Prayer" com Cee Lo Green, antes de desaparecer no meio da fumaça.

Madonna não foi a única superestrela a se apresentar no o Super Bowl de domingo, um evento de grande atenção midiática e uma das maiores audiências televisivas nos EUA. Antes do jogo, vencido pelo New York Giants sobre o New England Patriots, Kelly Clarkson cantou o hino nacional.

No ano passado, o Super Bowl atraiu 111 milhões de telespectadores nos EUA, a maior audiência para uma única transmissão de TV no país.

O show do intervalo tem recebido grandes apresentações de astros do pop, uma grande diferença do primeiro Super Bowl, em 1967, quando bandas de escolas animaram a plateia.

Paul McCartney, os Rolling Stones, U2, Prince, Bruce Springsteen, The Black Eyed Peas e Janet Jackson foram algumas das apresentações recentes.