Federação espanhola processará TV francesa por piada com Nadal

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 12:14 BRST
 

MADRI, 8 Fev (Reuters) - A Real Federação Espanhola de Tênis (RFET) vai processar a emissora de TV francesa Canal+ por um esquete insinuando que o tenista número dois do mundo, Rafael Nadal, e outros atletas espanhóis usavam doping.

A cena exibida no programa "Les Guignols" ("Os Fantoches") mostrou uma pessoa representando Nadal abastecendo o tanque de gasolina de um carro com sua própria urina. O personagem depois foi parado pela polícia por excesso de velocidade.

A frase "Atletas espanhóis. Eles não ganham por acaso" foi exibida na tela ao lado dos logos da RFET e de várias outras federações esportivas espanholas, incluindo futebol e ciclismo.

Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira, a RFET disse que vai processar o Canal+ France por "publicar um vídeo no qual, além de conter insinuações inaceitáveis e prejudiciais, foram usados o emblema e anagrama da federação".

A federação vai exigir que o vídeo seja retirado, que o logo não seja mais usado e que o Canal+ paga uma indenização pelo uso não autorizado, acrescentou o comunicado.

Funcionários do Canal+ não estavam disponíveis de imediato para comentar a decisão da RFET.

"Nesta ocasião, limites intoleráveis foram excedidos e nós na RFET não podemos ignorar tamanho descrédito e difamação com os nossos atletas", disse o presidente da federação, José Luis Escanuela.

O Canal+ exibiu o esquete de Nadal depois que o ciclista espanhol Alberto Contador foi suspenso por dois anos pela Corte Arbitral do Esporte por um exame antidoping positivo durante o Tour de France de 2010.

Esse foi o mais recente ataque francês sobre atletas espanhóis. Em novembro, o ex-campeão de Roland Garros Yannick Noah acusou os atletas da Espanha de usar "poções mágicas".

(Reportagem adicional de Gwenaelle Barzic em Paris)