14 de Fevereiro de 2012 / às 16:13 / 6 anos atrás

Mano chama Ronaldinho, Ganso e Neymar para jogo com Bósnia

Neymar, convocado nesta terça-feira para amistoso contra a Bósnia, posa com a nova camisa da seleção brasileira no dia 3 de fevereiro.Sergio Moraes

RIO DE JANEIRO, 14 Fev (Reuters) - O técnico Mano Menezes terá uma nova oportunidade de escalar a seleção brasileira com Paulo Henrique Ganso, Ronaldinho Gaúcho e Neymar no amistoso do dia 28 de fevereiro contra a Bósnia, após incluir o trio na lista de jogadores convocados, nesta terça-feira, para o primeiro jogo do Brasil no ano.

Mano colocou o trio em campo pela primeira vez contra Gana em setembro do ano passado, no jogo que marcou o retorno de Ronaldinho à seleção após longa ausência, mas Ganso deixou o campo machucado logo nos primeiros minutos da partida vencida pelo Brasil por 1 x 0, com uma lesão.

Contra a Bósnia, em partida que será disputada na Suíça, o treinador terá mais uma chance de testar o trio que é considerado fundamental na preparação da equipe que disputará a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014 em casa.

Ganso, Neymar e Ronaldinho ficaram de fora dos últimos jogos do Brasil em 2011 -as vitórias contra Gabão (2 x 0) e Egito (2 x 0) em novembro-, quando Mano convocou apenas jogadores que atuam no exterior para não prejudicar os times brasileiros na reta final do campeonato nacional.

Ronaldinho foi chamado para o primeiro compromisso de 2012 apesar de não ter começado o ano bem com o Flamengo, e o treinador disse que aposta na continuidade do trabalho para fortalecer a base da equipe.

"Quando da convocação do Ronaldinho (para o jogo com Gana em 2011) me perguntaram se era algo temporário ou se pensava nele como um projeto e, disse que pensava nele como um projeto. Estou sendo coerente com o que disse", disse Mano em entrevista coletiva após a convocação.

"A questão de momento de atuação, gostaria dizer que fui cobrado da manutenção de um base. A nova etapa do trabalho irá brindar justamente isso. Não posso ficar mudando toda hora com base num momento ruim de um jogador. Agora as coisas serão mais estáveis, e vale para ele (Ronaldinho)", acrescentou.

O treinador sinalizou que a equipe que venceu o México de virada por 2 x 1 em outubro do ano passado, fora de casa, com gols de Ronaldinho e Marcelo, é a referência de um time ideal para a temporada de 2012.

"Vamos ver uma seleção muito parecida com a que jogou com o México, sem ter o Lucas (Leiva) e Jefferson (goleiro), mas podendo apresentar uma pequena modificação do meio para frente", disse.

"A ideia de jogo será muito parecida. Como ideia de jogo e comportamento dos jogadores é dali para frente. Encontrei algo que me agrada e temos que evoluir", disse. Na partida citada por Mano, o Brasil jogou com Jefferson; Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva e Marcelo; Lucas Leiva, Fernandinho e Ronaldinho Gaúcho; Lucas, Neymar e Hulk.

O meia do Real Madrid Kaká, que foi convocado para os últimos jogos do ano passado mas acabou sendo cortado após sofrer uma contusão, ficou de fora da convocação desta terça-feira. O treinador sinalizou que não tem gostado das atuações do meia em seu clube. "São questões de avaliação", disse.

Depois da Bósnia, o Brasil enfrentará Dinamarca, Estados Unidos, México e Argentina em outros amistosos no primeiro semestre, antes da disputa dos Jogos Olímpicos de Londres, em julho e agosto. No segundo semestre, o Brasil já tem um compromisso contra a Suécia na despedida do estádio do primeiro titulo mundial do país em 1958.

Dois 23 convocados nesta terça, oito tem idade olímpica para os Jogos de Londres: Rafael, Danilo, Alex Sandro, Neymar, Ganso, Leandro Damião, Sandro e Lucas.

Veja a lista de jogadores convocados

Goleiros: Julio César (Inter de Milão), Diego Alves (Valencia) e Rafael (Santos)

Laterais: Marcelo (Real Madrid), Daniel Alves (Barcelona), Adriano (Barcelona) e Alex Sandro (Porto)

Zagueiros: Thiago Silva (Milan), David Luiz (Chelsea), Luisão (Benfica) e Dedé (Vasco da Gama)

Meio-campistas: Danilo (Porto), Elias (Sporting), Fernandinho (Shakhtar Donetsk), Hernanes (Lazio), Sandro (Tottenham), Paulo Henrique Ganso (Santos), Lucas (São Paulo) e Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)

Atacantes: Neymar (Santos), Leandro Damião (Internacional), Jonas (Valencia) e Hulk (Porto)

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below