Mano chama Ronaldinho, Ganso e Neymar para jogo com Bósnia

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012 17:15 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 14 Fev (Reuters) - O técnico Mano Menezes terá uma nova oportunidade de escalar a seleção brasileira com Paulo Henrique Ganso, Ronaldinho Gaúcho e Neymar no amistoso do dia 28 de fevereiro contra a Bósnia, após incluir o trio na lista de jogadores convocados, nesta terça-feira, para o primeiro jogo do Brasil no ano.

Mano colocou o trio em campo pela primeira vez contra Gana em setembro do ano passado, no jogo que marcou o retorno de Ronaldinho à seleção após longa ausência, mas Ganso deixou o campo machucado logo nos primeiros minutos da partida vencida pelo Brasil por 1 x 0, com uma lesão.

Contra a Bósnia, em partida que será disputada na Suíça, o treinador terá mais uma chance de testar o trio que é considerado fundamental na preparação da equipe que disputará a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014 em casa.

Ganso, Neymar e Ronaldinho ficaram de fora dos últimos jogos do Brasil em 2011 -as vitórias contra Gabão (2 x 0) e Egito (2 x 0) em novembro-, quando Mano convocou apenas jogadores que atuam no exterior para não prejudicar os times brasileiros na reta final do campeonato nacional.

Ronaldinho foi chamado para o primeiro compromisso de 2012 apesar de não ter começado o ano bem com o Flamengo, e o treinador disse que aposta na continuidade do trabalho para fortalecer a base da equipe.

"Quando da convocação do Ronaldinho (para o jogo com Gana em 2011) me perguntaram se era algo temporário ou se pensava nele como um projeto e, disse que pensava nele como um projeto. Estou sendo coerente com o que disse", disse Mano em entrevista coletiva após a convocação.

"A questão de momento de atuação, gostaria dizer que fui cobrado da manutenção de um base. A nova etapa do trabalho irá brindar justamente isso. Não posso ficar mudando toda hora com base num momento ruim de um jogador. Agora as coisas serão mais estáveis, e vale para ele (Ronaldinho)", acrescentou.

O treinador sinalizou que a equipe que venceu o México de virada por 2 x 1 em outubro do ano passado, fora de casa, com gols de Ronaldinho e Marcelo, é a referência de um time ideal para a temporada de 2012.

"Vamos ver uma seleção muito parecida com a que jogou com o México, sem ter o Lucas (Leiva) e Jefferson (goleiro), mas podendo apresentar uma pequena modificação do meio para frente", disse.   Continuação...

 
Neymar, convocado nesta terça-feira para amistoso contra a Bósnia, posa com a nova camisa da seleção brasileira no dia 3 de fevereiro. REUTERS/Sergio Moraes