Zâmbia sobe no ranking da Fifa após Copa Africana, Brasil é 7o

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 13:56 BRST
 

ZURIQUE, 15 Fev (Reuters) - A Zâmbia subiu 28 posições no ranking da Fifa, chegando pela primeira vez em 11 anos entre as 50 melhores seleções, após vencer a Copa Africana de Nações no domingo.

Os Chipolopolos (Balas de Cobre) chegaram à 43a posição, a melhor da seleção do país desde fevereiro de 2001, após derrotar a Costa do Marfim nos pênaltis depois de uma final sem gols em Libreville, capital do Gabão.

Apesar de ter perdido a decisão, a Costa do Marfim subiu três posições, para 15o, e é a seleção africana mais bem colocada. Os Elefantes - como a equipe é chamada no país - não sofreram gols durante o torneio.

Já a seleção brasileira perdeu a sexta posição no ranking para Portugal e é a sétima colocada.

Mali, que terminou a Copa Africana de Nações em terceiro, subiu 25 posições e chegou a 44o, uma à frente do Gabão, um dos países-sedes do torneio africano, que subiu 46 posições após chegar às quartas-de-final após vencer Níger e Marrocos.

A Guiné Equatorial, que também sediou a competição, subiu da 151a colocação para a 110a após superar todas as expectativas e chegar às quartas de final.

A Espanha seguiu no topo do ranking, enquanto a Alemanha subiu para segundo e a Holanda caiu para terceiro, apesar de nenhuma das duas seleções ter jogado nó último mês.

A Fifa informou que a troca de posições se deveu à desvalorização de partidas disputadas em anos anteriores.

A Argentina deixou o grupo das dez seleções mais bem colocadas, cedendo seu lugar para a Dinamarca.   Continuação...

 
A seleção de futebol da Zâmbia comemora após ganhar a final da Copa Africana de 2012 contra a Costa do Marfim no estádio Stade De L'Amitie, em Libreville, capital do Gabão. A Zâmbia subiu 28 posições no ranking da Fifa, chegando pela primeira vez em 11 anos entre as 50 melhores seleções. 12/02/2012  REUTERS/Louafi Larbi