"Linsanidade" sofre em jogo com Hornets e Knicks perde

sábado, 18 de fevereiro de 2012 13:10 BRST
 

Jeremy Lin cometeu nove erros em sua primeira derrota pelo New York Knicks na partida contra o modesto New Orleans Hornets que venceu por 89 a 85 diante de um lotado Madison Square Garden na sexta-feira.

A "Linsanidade" tomou conta da América e se espalhou por toda a Ásia com o armador sino-americano, rejeitado por uma série de times da NBA, tornou-se a força motriz por trás de uma improvável série de sete vitórias consecutivas dos Knicks.

No entanto, essa série chegou ao fim na sexta-feira, com o armador de 23 anos, graduado em Harvard, atingindo a mais alta taxa de erros na temporada.

"Nove erros é um número que não pode ser tolerado pelo principal condutor de bola", disse Lin, que foi o cestinha da equipe com 26 pontos, aos repórteres.

"Para mim é cuidar da bola e do jogo em geral. Se todo mundo está creditando a mim estes últimos sete jogos, então eu definitivamente mereço um presente. Então tudo bem por mim."

O desempenho dos Knicks agora é de 15 vitórias e 16 derrotas na temporada, enquanto a vitória dos Hornets foi apenas a sétima contra 23 derrotas.

Os Hornets se aproveitaram dos cinco erros de Lin no primeiro quarto para abrir vantagem de 27 x 13. Os Knicks reagiram para ficar a apenas dois pontos de igualar (82 x 80) com dois lances livres a um minuto do final mas não conseguiu a virada.

Embora desapontado com derrota, Lin espera que a histeria em torno dele possa diminuir para o bem da equipe, agora que a série de vitórias acabou.

"Eu não acho isso bom, porque odeio perder", disse Lin. "Mas sei o que você está dizendo quanto a disso tudo diminuir."

(Reportagem de Mike Mouat em Windsor)