Futebol precisa de mais apertos de mão, diz Beckenbauer

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012 16:30 BRST
 

ZURIQUE, 22 Fev (Reuters) - Franz Beckenbauer pediu aos jogadores que pensem mais no chamado "jogo limpo" no futebol e sugeriu que eles sempre se reúnam no círculo central e se cumprimentem ao final de cada partida, como costumavam fazer quando jogavam em suas escolas.

"Vocês podem se reunir na linha central e sair de campo juntos", disse o ex-capitão e técnico da Alemanha Ocidental nesta quarta-feira. "É assim que costumávamos fazer quando estávamos na escola."

Beckenbauer, que lidera uma força-tarefa que busca formas de tornar o esporte mais atrativo dentro de campo na Copa do Mundo de 2014 do que nos últimos Mundiais, disse que o "jogo limpo" é uma das prioridades de seu grupo.

"Temos visto tantas imagens de jogadores se comportando mal. O jogo limpo é importante porque os jogadores e técnicos são um modelo e devem se comportar como modelo", disse.

Beckenbauer disse que outra ideia discutida no grupo é fazer os jogadores voltarem juntos para o campo para o segundo tempo.

"São coisas pequenas que podem melhorar a imagem do futebol", afirmou.

Os cumprimentos antes do início dos jogos se tornaram motivo de polêmica na Inglaterra depois que o uruguaio Luis Suárez se recusou a apertar a mão de Patrice Evra antes de um jogo entre Liverpool e Manchester United este mês.

Suárez estava voltando aos gramados após ser suspenso por oito jogos como punição por uma ofensa racista feita contra Evra durante partida em outubro.

Beckenbauer disse que os jogadores normalmente não se cumprimentam ao final das partidas "porque vão comemorar com seus torcedores ou querem comemorar com suas avós."

(Por Brian Homewood)