Ministro vê Pernambuco apto para sediar Copa das Confederações

quarta-feira, 7 de março de 2012 16:44 BRT
 

SÃO LOURENÇO, Pernambuco, 7 Mar (Reuters) - O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), asseguraram nesta quarta-feira que as obras da Arena Pernambuco estão no prazo e que o Estado tem condições de sediar a Copa das Confederações, que acontece em julho do próximo ano.

"As obras estão no prazo programado. A entrada ou não da cidade na Copa das Confederações depende da avaliação da comissão da Fifa", disse Aldo, após visita de cerca de uma hora às obras do estádio.

Brasília, Rio de Janeiro, Fortaleza e Belo Horizonte já foram definidas como cidades-sede da Copa das Confederações. A Fifa decidirá em junho se Recife e Salvador também sediarão partidas da competição.

A Arena Pernambuco terá capacidade para 46 mil torcedores, num investimento de 500 milhões de reais. Segundo balanço do Ministério do Esporte, em fevereiro, 32 por cento da estrutura do estádio estava concluída

Na próxima semana, uma comissão da Fifa deverá visitar as obras da arena para acompanhar o ritmo dos trabalhos.

A visita ocorre em meio aos atritos entre o governo brasileiro e a Fifa, após o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, dizer que os organizadores do Mundial deveriam levar um "chute no traseiro" para fazer o evento acontecer.

O Brasil anunciou veto à intermediação de Valcke junto à Fifa após a crítica. O dirigente se desculpou e o governo brasileiro ainda não esclareceu se irá manter seu pedido à Fifa para que indique um novo interlocutor.

Aldo disse temer que a aprovação da Lei Geral da Copa, ocorrida na terça-feira pela Comissão Especial na Câmara dos Deputados, fosse prejudicada em virtude da polêmica.

"Eu temia que o Congresso, em função desse episódio, não votasse a lei com os destaques que o governo queria", disse.

A Lei Geral, que define regras para a realização do torneio no Brasil, pode ser votada nesta quarta-feira em plenário na Câmara. O texto aprovado na véspera inclui a permissão para a venda de bebidas alcoólicas em estádios.

(Reportagem de Bruna Serra)

 
O ministro do Esporte Aldo Rebelo fala com a mídia enquanto deixa o Comitê Olímpico Brasileiro após uma reunião no Rio de Janeiro, 6 de março de 2012. O ministro e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), asseguraram nesta quarta-feira que as obras da Arena Pernambuco estão no prazo e que o Estado tem condições de sediar a Copa das Confederações, que acontece em julho do próximo ano. REUTERS/Sérgio Moraes