March 11, 2012 / 7:58 PM / 5 years ago

Isinbayeva e EUA brilham no encerramento do mundial indoor

4 Min, DE LEITURA

ISTANBUL (Reuters) - Foram giros, cambalhotas, saltos e piruetas, mas nenhum recorde mundial neste domingo no Mundial de Atletismo Indoor, apesar dos esforços de Yelena Isinbayeva no salto com vara.

A tetracampeã Meseret Defar perdeu o título nos 3000 metros para a queniana Hellen Obiri, e a arremessadora de disco norte-americana Aries Merritt obteve uma surpreendente vitória sobre a chinesa Liu Xiang, e os EUA dominaram o quadro de medalhas com 10 ouros nos três dias de campeonato.

Bernard Lagat deu o troco pela derrota nos 5000 mil metros do último mundial outdoor batendo Mo Farah nos 3000 mil metros.

O britânico Farah, uma das grandes esperanças dos anfitriões para conquistar o ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, terminou em quarto e foi promovido ao bronze após a desclassificação do queniano Edwin Soi por obstrução.

Dois saltos - um de 4,70 e outro de 4,80 - foram suficientes para assegurar o título para Isinbayeva, que reafirmou sua superioridade no salto com vara e conquistou seu quarto mundial indoor.

A campeã olímpica não conseguiu bater o recorde indoor de 5,01 metros, mas encerrou sua participação com uma cambalhota de celebração.

A francesa Vanessa Boslak ficou em segundo e a britânica Holly Bleasdale em terceiro, ambas com 4,70.

"Esperei esta vitória como uma mãe esperando um bebê," disse Isinbayeva aos repórteres.

O norte-americano Lagat mostrou que com a idade vem a experiência com um grande desempenho aos 37 anos ao atacar com perfeição nos 3000 metros e vencer seu terceiro título mundial indoor. Nos últimos 150 metros ele tomou a dianteira e cruzou a linha de chegada em sete minutos e 41.44 segundos. O queniano Augustine Choge foi o segundo.

"Tudo era tática e velocidade e mais uma vez prova que não se pode tomar nada como garantido," disse Farah aos repórteres.

Uma grande última volta da queniana Obiri acabou com as esperanças de Defar se tornar a primeira mulher a vencer cinco mundiais indoors consecutivos. Obiri, 22 anos, fez o tempo de 8min37s16, um segundo à frente da campeã olímpica dos 5000 metros em 2004.

"Estou muito desapontada e triste," disse a etíope Defar. "Os últimos 200 metros foram muito difíceis e eu não esperava isso. Me sinto mal."

Liu Batida

Outra que era favorita e terminou com a prata foi Liu nos 60 metros com barreiras. A campeã olímpica de 2004 perdeu para Merritt.

Mais cedo, Pamela Jelimo do Quênia disparou na última volta dos 800 metros deixando suas rivais lutando por outras medalhas com o tempo de 1:58.83.

"É ótimo ser campeã mundial, estar no topo novamente", disse Jelimo, que depois de se tornar a primeira queniana campeã olímpica em 2008, não correu no ano passado.

"Os últimos três anos contundida foram um desastre para mim... mas não desisti e meu técnico me motivou muito."

A ucraniana Nataliya Lupu foi a segunda (1:59.67) com a norte-americana Erica Moore em terceiro (1:59.97). Nos 800 metros masculino, o etíope Mohammed Aman ficou com o ouro.

A jamaicana Veronica Campbell-Brown manteve seu título dos 60 metros nos últimos passos com o tempo de 7,01 segundos - o tempo mais rápido do ano - com Murielle Ahoure em segundo. O ex-campeã mundial de salto em distância, a norte-americana Tianna Madison, foi a terceira.

O grego Dimitrios Chondrokoukis saltou 2.33 metros no salto em altura, superando o campeão olímpico Andrey Silnov, da Rússia.

Em outros saltos, os EUA reinaram supremos.

Brittney Reese tornou-se a primeira mulher a vencer títulos mundiais consecutivos de salto em distância com o recorde do campeonato de 7,23 metros na rodada final, à frente da compatriota Janay DeLoach (6.98).

Will Claye saltou sete centímetros a mais que o colega e campeão mundial outdoor Christian Taylor e conquistou o ouro no salto triplo.

Por Alison Wildey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below