Bolt quer apoio de jamaicanos para dar "espetáculo" em Londres

terça-feira, 20 de março de 2012 18:21 BRT
 

20 Mar (Reuters) - Usain Bolt admitiu que a enorme comunidade jamaicana que mora em Londres pode ajudá-lo a ter outra performance monumental nos Jogos Olímpicos deste ano, quando espera repetir as três medalhas de ouro conquistadas em Pequim-2008.

A menos de cinco meses de Bolt defender seus títulos olímpicos nos 100 e 200 metros e no revezamento 4x100 m, o velocista jamaicano segue mantendo sua habitual tranquilidade e espera que seus compatriotas o guiem à vitória.

"Espero por este verão durante quatro anos, então vou aproveitar cada momento e dar espetáculo para todo o mundo", disse Bolt em entrevista à Reuters.

"Os Jogos Olímpicos vão ser algo enorme e estou muito ansioso por isso. Vai ser maior para mim do que para a maioria das pessoas porque há muitos jamaicanos vivendo em Londres. Sei que vão ficar loucos e tenho que dar espetáculo a eles", completou.

Mais de um milhão de pessoas solicitaram ingressos para ver a final masculina dos 100 metros rasos, que será em 5 de agosto no

estádio Olímpico de Londres.

Bolt é também favorito para ganhar a final dos 200 metros, em 9 de agosto, e espera ser fundamental na equipe jamaicana no revezamento 4x100 m no dia 11.

As expectativas serão altas, com os torcedores esperando ver se Bolt poderá bater seus próprios recordes mundiais, depois de ter feito a marca de 9,58 segundos nos 100 m no Mundial de Berlim em 2009.

Sebastian Coe, ex-velocista e presidente do comitê organizador de Londres-2012, disse recentemente à Reuters que acredita que Bolt possa correr a distância em 9,4 segundos.   Continuação...