Retorno de Tevez mostra desespero do City, provoca Ferguson

sexta-feira, 23 de março de 2012 13:05 BRT
 

23 Mar (Reuters) - O técnico do Manchester United, Alex Ferguson, provocou o rival Manchester City nesta sexta-feira ao sugerir que a convocação de Carlos Tevez mostrava desespero.

O técnico usou uma coletiva de imprensa para retrucar o ex-jogador do City Patrick Vieira, que disse no início da semana que o United tinha mostrado sua fraqueza ao trazer Paul Scholes de volta de sua aposentadoria.

"Se for desespero trazer o melhor meio-campista da Grã-Bretanha nos últimos 20 anos, então acho que podemos aceitar isso", disse Ferguson.

"(O técnico do City) Roberto (Mancini) fez uma pequena observação sarcástica há algumas semanas. Vamos todos jogar desta maneira. Haverá bastante munição para isso", acrescentou.

"Se você fala de desespero, eles jogaram com um jogador outra noite que se recusou a entrar em campo e o técnico disse que ele nunca jogaria de novo e ele saiu de férias por cinco meses na Argentina", disse.

"O que é isso? Isso caberia na descrição de desespero? Haverá bastante munição, não se preocupe", sorriu Ferguson.

Ex-atacante do United, Tevez está de volta no City após ter ficado ausente desde setembro, quando se recusou a sair do banco em uma partida da Liga dos Campeões em Munique.

Mancini havia dito que o argentino nunca jogaria pelo City novamente, mas colocou Tevez em campo nos 20 minutos finais da partida contra o Chelsea na quarta-feira, e foi recompensado pelo jogador que marcou o gol da vitória aos 40 minutos do segundo tempo.

O City está agora um ponto atrás do United e os dois rivais se encontram para um confronto potencialmente decisivo no estádio Etihad, em 30 de abril.

Tevez marcou 24 gols na temporada passada, mas não fez muita falta enquanto o City avançava no campeonato, até que o time se complicou e perdeu a liderança para o United.

(Reportagem de Alan Baldwin)