Racismo da torcida leva Porto a receber multa

terça-feira, 3 de abril de 2012 16:59 BRT
 

3 Abr (Reuters) - O Porto foi multado em 20 mil euros (26,5 mil dólares) por causa de insultos racistas supostamente proferidos por seus torcedores contra o atacante italiano Mario Balotelli, do Manchester City, disse o clube inglês na terça-feira.

O City se queixou do tratamento dado a Balotelli, que é negro, na vitória de 2 x 1 sobre o Porto em Portugal, pela Liga Europa, em 16 de fevereiro.

"O Órgão Disciplinar e de Controle da Uefa (entidade que dirige o futebol europeu) impôs uma multa de 20 mil euros ao FC Porto pela conduta racista da sua torcida", disse uma nota da Uefa publicada no site do City.

O Porto, que tem três dias para recorrer, se disse na ocasião surpreso com a queixa do City, e garantiu que nada de excepcional ocorreu durante a partida.

Um porta-voz disse que gritos de torcedores do Porto e do City para incentivar seus jogadores Hulk e "Kun" Aguero, respectivamente, podem ter sido confundidos com outros sons.

O clube português disse não ter antecedentes de racismo, e que se orgulha de ter um elenco multirracial.

Mas torcedores do Porto disseram à Reuters que escutaram algumas imitações de macaco vindas de uma parte do estádio depois de uma falta cometida por Balotelli.