Pênalti polêmico coloca United na liderança do campeonato

domingo, 8 de abril de 2012 15:32 BRT
 

Por Mike Collett

LONDRES (Reuters) - O Manchester United abriu uma dianteira de oito pontos na liderança do Campeonato Inglês ao bater o Queens Park Rangers por 2 x 0 em casa neste domingo.

O United venceu com um pênalti altamente discutível no primeiro tempo e mais um gol típico de Paul Scholes na etapa complementar, o que deixa o time com 79 pontos faltando seis partidas para o final da competição.

O City, com 71 pontos e que liderou a corrida pelo título durante cinco meses mas ficou atrás do United um mês atrás, perdeu de 1 x 0 para o Arsenal, cujo gol de Mikel Arteta no fim do jogo deixou o time em terceiro lugar, com 61 pontos -dois acima do rivai Tottenham.

O United saiu na frente aos 15 minutos, quando Wayne Rooney marcou seu 30º gol na temporada depois que o árbitro Lee Mason concedeu uma penalidade controversa.

Ashley Young, que de qualquer maneira estava impedido, pareceu cair após um ligeiro toque de Shaun Derry, capitão do QPR, que prontamente recebeu o cartão vermelho.

Rooney chutou baixo e forte à direita de Paddy Kenny, e embora o goleiro quase tenha alcançado a bola o gol virtualmente selou a partida.

Phil Beard, executivo-chefe do QPR, acusou Young de se atirar, comparando-o com o nadador olímpico britânico Tom Daley em seu Twitter.

"Difícil engolir depois de vários replays, mas Ashley Young poderia fazer dupla com Tom Daley nas Olimpíadas", escreveu.   Continuação...

 
Wayne Rooney, do Manchester United, marca um pênalti contra o Queens Park Rangers no Campeonato Inglês, no Old Trafford, em Manchester, norte da Inglaterra. O United venceu com um pênalti altamente discutível no primeiro tempo e mais um gol típico de Paul Scholes na etapa complementar, o que deixa o time com 79 pontos faltando seis partidas para o final da competição. 08/04/2012 REUTERS/Darren Staples