Havelange piora e volta para UTI após 3 semanas de internação

segunda-feira, 9 de abril de 2012 17:41 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 9 Abr (Reuters) - O estado de saúde do presidente de honra da Fifa João Havelange piorou e ele voltou nesta segunda-feira para a Unidade de Terapia Intensiva do hospital onde está internado há três semanas.

Segundo os médicos, o estado de saúde de Havelange passou de estável a grave por conta de problemas cardíacos e respiratórios.

"Durante a madrugada o paciente apresentou um quadro de insuficiência cardíaca e respiratória e precisou retornar à unidade coronariana", informa o boletim assinado pelo médico João Mansur Filho, do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro.

"O estado clínico do presidente de honra da Fifa é grave", acrescenta a nota.

De acordo com o hospital, Havelange necessita de suporte respiratório e cardíaco e usa medicamentos para controlar a pressão arterial. O dirigente mantém ainda tratamento com antibióticos para conter uma infecção no tornozelo direito que o levou a ser internado no dia 18 de março.

Havelange, de 95 anos, presidiu a Fifa de 1974 a 1998, depois de comandar a CBD, confederação que precedeu a CBF. Ele foi ainda membro do Comitê Olímpico Internacional, mas desligou-se da entidade no ano passado, após denúncias de envolvimento com a empresa de marketing esportivo ISL, que faliu há mais de 10 anos.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
O ex-presidente da FIFA João Havelange comparece à convenção mundial Soccerex na praia de Copacabana no Rio de Janeiro, 22 de novembro de 2010. O estado de saúde de Havelange piorou e ele voltou nesta segunda-feira para a Unidade de Terapia Intensiva do hospital onde está internado há três semanas. REUTERS/Bruno Domingos