Cavalos olímpicos ganham tratamento de estrela do rock

terça-feira, 10 de abril de 2012 14:49 BRT
 

Por Elena Berton

CALAIS, França, 10 Abr (Reuters) - O caminhão azul cuidadosamente se junta a uma fila de carros enfileirados ao longo da plataforma do Eurotunnel em Calais, no norte da França, conforme se inicia o embarque no túnel ferroviário que liga a França à Grã-Bretanha.

No interior, Voske, um cavalo campeão de salto de 10 anos, e seus seis companheiros equinos se alimentam de feno antes da última etapa de sua viagem Miami-Amsterdã-Grã-Bretanha.

"Eles estão ficando entediados, como nós", disse Sophie Broome, uma das três cavalariças que cuidam dos cavalos desde que eles deixaram a Flórida e o Festival Equestre de Inverno.

Os sete puro-sangue estão viajando no serviço dedicado ao transporte de cavalos que a Eurotunnel lançou antes da Olimpíada de Londres neste verão, quando espera-se que 1.000 cavalos viajem para a Grã-Bretanha.

Cavalos de competição de elite podem viajar até milhares de milhas a cada ano e exigem cuidados especiais dignos de estrelas do rock mimadas.

A Eurotunnel, que tem transportado passageiros e carga ao longo do túnel de 55 quilômetros de comprimento desde 1994, juntou-se a quatro empresas de transporte de cavalos para fornecer um serviço mais rápido e mais suave que visa minimizar os inconvenientes para os cavalos premiados, que devem chegar no auge de sua forma para as competições.

"Estamos sempre à procura de maneiras para expandir nossos serviços para o transporte no canal", disse Jo Willacy, diretor comercial da Eurotunnel. "Percebemos há alguns anos que claramente haveria uma grande oportunidade para o transporte relacionada aos Jogos Olímpicos."

Mudanças ambientais e o estresse da viagem podem enfraquecer o sistema imunológico dos cavalos, tornando-os mais suscetíveis a doenças e até mesmo a condições fatais.   Continuação...