Havelange deixa UTI mas segue sem previsão de alta

quarta-feira, 11 de abril de 2012 14:29 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 11 Abr (Reuters) - O ex-presidente da Fifa João Havelange deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e voltou para uma unidade semi-intensiva do hospital onde está internado há quase um mês, após apresentar uma melhora em seu quadro clínico.

Havelange, que é o presidente de honra da Fifa, deu entrada no mês passado no hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, com um quadro de infecção no tornozelo direito provocada por sessões de infiltração realizadas para eliminar dores no local.

"O estado clínico do presidente de honra da Fifa apresenta boa evolução", informou o hospital em boletim médico.

Havelange, que está internado há 24 dias, havia retornado para a UTI na segunda-feira devido a um quadro de insuficiência cardíaca e respiratória, mas os médicos avaliaram que "no momento (ele) não necessita de suporte de ventilação (respiratória e cardíaca)", segundo o boletim.

Apesar da melhora no estado de saúde, não há previsão de alta para Havelange, informou o hospital.

Havelange, de 95 anos, presidiu a Fifa de 1974 a 1998, depois de comandar a CBD, entidade que precedeu a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Ele foi ainda membro do Comitê Olímpico Internacional (COI), mas desligou-se da entidade no ano passado, após denúncias de envolvimento num esquema de suborno com a empresa de marketing esportivo ISL, que faliu há mais de 10 anos.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)