Rosberg vence na China 1o GP de sua carreira; Bruno Senna pontua

domingo, 15 de abril de 2012 12:16 BRT
 

Por Alan Baldwin

XANGAI (Reuters) - O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, comemorou neste domingo a primeira vitória de sua carreira na Fórmula 1, mantendo a liderança do Grande Prêmio de Xangai, na China, da pole position à bandeirada final.

O melhor brasileiro na prova foi Bruno Senna, que chegou em sétimo, atingindo 14 pontos na classificação geral.

Enquanto o filho de Keke Rosberg, campeão de 1982, celebrava no pódio, para marcar o final de uma espera de 111 corridas, a montadora alemã voltava no tempo para saborear seu primeiro grande sucesso em um GP desde 1955, quando o argentino Juan Manuel Fangio venceu na Itália, encerrando a temporada daquele ano.

A Mercedes havia se retirado da categoria no mesmo ano e não voltou, exceto como fornecedora de motores, até 2010, quando adquiriu a equipe Brawn.

"Corrida brilhante, Nico, simplesmente brilhante", vibrou Ross Brawn, chefe da equipe, no rádio enquanto o piloto de 26 anos soltava um grito de empolgação ao cruzar a linha de chegada.

O britânico Jenson Button o seguiu 20,6 segundos mais tarde com sua McLaren, e seu compatriota e colega de time Lewis Hamilton foi o terceiro pela terceira etapa consecutiva, assumindo a liderança do campeonato.

Hamilton agora tem 45 pontos, e Button, 43, depois de três corridas. O espanhol Fernando Alonso, que liderava para a Ferrari antes de Xangai, chegou em nono e caiu para a terceira posição no geral, com 37 pontos.

Enquanto Rosberg comemorava encharcando Norbert Haug, vice-presidente da Mercedes, no pódio com a ajuda de Button e Hamilton, o colega de equipe Michael Schumacher mostrava decepção.   Continuação...

 
Piloto britânico Jenson Button, da McLaren, o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, e o britânico Lewis Hamilton, da McLaren, comemoram no pódio após o Grande Prêmio da China de Fórmula 1 no Circuito Internacional de Xangai. 15/04/2012  REUTERS/Stringer