Chelsea se desculpa por barulho da torcida em minuto de silêncio

segunda-feira, 16 de abril de 2012 12:21 BRT
 

LONDRES, 16 Abr (Reuters) - O Chelsea pediu desculpas formais pelo comportamento de alguns torcedores que atrapalharam o minuto de silêncio em homenagem aos mortos na tragédia de Hillsborough, antes de um jogo da semifinal da Copa da Inglaterra, domingo, no estádio de Wembley.

A homenagem foi interrompida devido ao barulho da torcida do Chelsea, pelo qual o clube pediu desculpas em nota.

"O Chelsea Football Club está extremamente desapontado por uma pequeníssima minoria de torcedores ter constrangido o clube ao não honrar o momento de silêncio antes do pontapé inicial", disse o texto.

"O Chelsea FC acredita que todos os momentos de respeito deveriam ser honrados, e hoje prestamos nossos plenos respeitos a todos aqueles que sofrerem como resultado do desastre de Hillsborough 23 anos atrás. O clube irá trabalhar com Wembley e a FA (Federação Inglesa de Futebol) para identificar os responsáveis, e se recebermos evidências de que portadores de ingressos ou membros foram envolvidos, vamos tomar as mais duras medidas possíveis contra eles."

Na semifinal da FA Cup (Copa da Inglaterra) em 1989, 96 torcedores do Liverpool morreram esmagados antes da partida contra o Nottingham Forest.

No sábado, um minuto de silêncio na outra semifinal da Copa da Inglaterra, entre Liverpool e Everton, foi totalmente respeitado.

(Reportagem de Martyn Herman)

 
Juan Mata, do Chelsea, comemora após marcar gol em jogo da semifinal da Copa da Inglaterra contra o Tottenham Hotspur no estádio de Wembley, em Londres. 15/04/2012  REUTERS/Darren Staples