Ministro da Olimpíada de Londres garante evento "seguro"

quarta-feira, 18 de abril de 2012 12:53 BRT
 

Por John Mehaffey

LONDRES, 18 Abr (Reuters) - O ministro dos Jogos Olímpicos de Londres, Hugh Robertson, expressou plena confiança nesta quarta-feira na realização de uma Olimpíada "segura" este ano.

A segurança tem sido uma das principais questões dos Jogos Olímpicos de Londres desde que quatro terroristas suicidas mataram 52 pessoas em três metrôs lotados e um ônibus um dia após o anúncio da escolha da cidade como sede dos Jogos, em 6 de julho de 2005.

"O terrorismo é uma ameaça para qualquer grande país ocidental", disse Robertson em entrevista coletiva em Kew Gardens para marcar a contagem regressiva de 100 dias para o início dos Jogos. "É agora e sempre foi."

"No final do ano passado, reorganizamos o orçamento da segurança precisamente para responder a essa ameaça. Existe agora uma combinação muito maior de militares, seguranças privados, voluntários apoiados por um contingente considerável de militares que trabalham muito, muito de perto com a polícia metropolitana e os serviços de segurança."

"Estou absolutamente tão confiante quanto possível faltando 100 dias de que vamos realizar uma Olimpíada segura."

O secretário de Cultura, Olimpíada, Mídia e Esportes, Jeremy Hunt, não quis dizer se as autoridades sírias seriam barradas, embora tenha dito que todas as proibições de viagens da União Europeia e da Grã-Bretanha permanecem em vigor.

"Estamos tendo muito cuidado para assegurar quem nós vamos permitir que venha a esses Jogos", disse ele. "Mas no final, haverá pessoas que vêm para estes Jogos cuja visão política discordamos."