22 de Abril de 2012 / às 17:17 / 5 anos atrás

Nadal desbanca Djokovic e conquista oitavo título em Monte Carlo

Nadal posa com troféu após vencer a final do Masters de Monte Carlos em Mônaco. Rafael Nadal conquistou seu oitavo título consecutivo no Masters de Monte Carlo e encerrou uma sequência de sete derrotas para Novak Djokovic com uma vitória enfática por 6-3 e 6-1, neste domingo. 22/04/2012 REUTERS/Olivier Anrigo

Por Gregory Blachier

MONTE CARLO, 22 Abr (Reuters) - Rafael Nadal conquistou seu oitavo título consecutivo no Masters de Monte Carlo e encerrou uma sequência de sete derrotas para Novak Djokovic com uma vitória enfática por 6-3 e 6-1, neste domingo.

O espanhol encerrou a disputa inesperadamente fácil com um ace após 78 minutos e obteve seu primeiro título desde Roland Garros no ano passado, deixando sua marca para o restante da temporada de saibro.

O número dois do ranking se tornou o primeiro tenista a conquistar um torneio oito vezes em seguida ao arrebatar seu 47o título da ATP, incluindo 20 torneios da série Masters.

“É meu torneio favorito no mundo”, disse Nadal na quadra central depois de receber o troféu do príncipe Albert de Mônaco. “Vocês me fazem sentir emoções incríveis”.

Nadal chegou ao título sem perder nenhum set pela quarta vez, tendo feito o mesmo em 2007, 2008 e 2010.

Seu histórico no glamuroso Monte Carlo Country Club agora é de 44 vitória e uma derrota - contra o argentino Guillermo Coria em 2003, quando disputava o evento pela primeira vez, aos 16 anos de idade.

Em Monte Carlo, Nadal jogou seu primeiro torneio desde que abandonou a semifinal do Masters de Miami no mês passado por culpa de uma lesão no joelho, e o nível de seu desempenho só melhorou à medida que a semana passou.

Djokovic, que lidera o ranking e bateu Nadal em uma final épica no Aberto da Austrália no início do ano, dominou o espanhol em 2011 vencendo seis finais consecutivas contra ele, incluindo nos saibros de Madri e Roma.

Neste domingo, no entanto, ele jogou uma partida bem abaixo de seu padrão.

“Lamento por meu desempenho hoje”, disse o sérvio residente no principado, cujo avô faleceu durante o torneio, em francês. “Parabéns ao Rafa, ele merece vencer. Já eu estarei de volta no ano que vem”.

Djokovic, que chama Nadal de “rei do saibro” apesar de tê-lo superado duas vezes em seu piso favorito no ano passado, lutou para fazer frente ao desafio e cometeu 25 erros não forçados.

Nadal quebrou o saque do rival pela primeira vez no terceiro game do primeiro set e não deu nenhuma chance de quebra a Djokovic até fechar a parcial.

Um backhand muito longo de Djokovic deu a Nadal mais uma quebra no segundo game, e mesmo tendo conseguido uma quebra em 4-0 no segundo e decisivo set, o sérvio só adiou o inevitável.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below