Após 5 anos, Ricardinho está de volta à seleção de vôlei

sexta-feira, 27 de abril de 2012 20:33 BRT
 

SÃO PAULO, 27 Abr (Reuters) - Cinco anos depois de um desentendimento com o técnico Bernardinho, o levantador Ricardinho voltou à seleção brasileira de vôlei nesta sexta-feira para a disputa da Liga Mundial.

Bernardinho anunciou nesta sexta-feira uma lista com 18 convocados para a competição que começa em 18 de maio. Os levantadores chamados são Bruno e Ricardinho.

Um dos principais jogadores e líderes do time campeão olímpico em Atenas-2004, Ricardinho teve um problema com o treinador às vésperas dos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, e desde então ficou fora da equipe.

A volta de Ricardinho abre as portas para sua participação também nos Jogos Olímpicos de Londres, no fim de julho.

O grupo convocado se apresenta na próxima terça-feira para treinamentos e estreia na Liga Mundial contra o Canadá. Finlândia e Polônia são os outros times do grupo.

A fase final da Liga será em Sofia, na Bulgária, de 4 a 8 de julho, entre seis times -os primeiros de cada grupo, o melhor segundo colocado, além do país-sede- que estarão divididos em dois grupos. Os dois primeiros de cada um avançam para as semifinais do campeonato, informou a Confederação Brasileira de Voleibol em seu site.

Além de Bruno e Ricardinho, Bernardinho convocou os opostos Wallace, Leandro Vissotto, Theo, e Renan; os centrais Éder, Sidão, Rodrigão e Lucão; os ponteiros Giba, Murilo, João Paulo Bravo, Dante, Lucarelli e Maurício Borges; e os líberos Serginho e Mário Junior.

(Reportagem de Tatiana Ramil)