Conmebol convida México para Copa América 2015

domingo, 29 de abril de 2012 14:20 BRT
 

Por Claudio Cerda

SANTIAGO (Reuters) - O presidente da Conmebol, o paraguaio Nicolás Leoz, anunciou no sábado que o México voltará a participar como convidado da Copa América de 2015, que será disputada no Chile, segundo informou a imprensa local.

A seleção mexicana se torna assim a primeira equipe convidada confirmada para a próxima edição do torneio continental de seleções mais antigo do mundo. Embora tenha nascido como uma competição de equipes sul-americanas, em 1993 passou a incluir dois países de fora da região.

Leoz está visitando o Chile para cumprir uma série de atividades com a diretoria da Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP), o que incluiu uma premiação na tarde de sábado na universidade do país por sua trajetória no comando da Conmebol (Confederação Sulamericana de Futebol).

Segundo relatos da imprensa chilena, o dirigente confirmou a presença do México no torneio.

"Foi a entidade dirigente do futebol sul-americano quem deu a conhecer a notícia de que a seleção azteca está confirmada como o primeiro país convidado a participar do torneio", informou o site esportivo Triunfo, do jornal La Nación.

"Sobre o segundo time convidado, (Leoz) explicou que ainda não está definido, mas o mais provável é que sejam os Estados Unidos, país com o qual se está negociando. Outras possibilidades seriam Japão, Canadá e Costa Rica", acrescentou o diário.

Na Copa América do ano passado, na Argentina, a seleção mexicana foi eliminada na fase de grupos com uma equipe formada em sua maioria por jogadores sub 23, o que provocou críticas de uma série de figuras do futebol sul-americano.

O Chile organizará a Copa América de 2015 depois de acertar com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) um intercâmbio nas datas programadas para organizar o torneio.

A modificação foi um suspiro de alívio, já que o Brasil, que organizará a Copa América de 2019, enfrenta como país organizador os desafios da Copa das Confederações de 2013, a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de Rio de Janeiro em 2016.

 
O presidente da Conmebol, Nicolas Leóz, discursa na sede da confederação próximo a Assunção, 25 de novembro de 2011. Leoz anunciou no sábado que o México voltará a participar como convidado da Copa América de 2015, que será disputada no Chile. REUTERS/Jorge Adorno