Saída de Guardiola não muda nada para o Real, diz Mourinho

terça-feira, 1 de maio de 2012 13:39 BRT
 

MADRI, 1 Mai (Reuters) - A decisão de Pep Guardiola de deixar o cargo de técnico do Barcelona no final da temporada não mudará nada para o Real Madri, afirmou o treinador da equipe madrilenha, José Mourinho, nesta terça-feira.

Em seu primeiro comentário público desde que Guardiola anunciou na sexta-feira que tiraria um período sabático, Mourinho, cuja equipe está prestes a tomar o título espanhol do Barça, afirmou que a decisão deve ser respeitada e até mesmo enviou um abraço a seu adversário.

"O caso de Guardiola é uma decisão pessoal", disse Mourinho em entrevista à imprensa um dia antes de o Real enfrentar o Athletic Bilbao, partida em que a vitória pode definir seu primeiro título nacional em quatro anos faltando dois jogos para o final.

"É ele que sabe porque, é ele que tem que falar sobre isso, é ele que tem que fazer o que o deixa mais feliz", completou o ex-treinador de Milan, Chelsea e Porto.

"Cada um é do jeito que é e temos que respeitar e aceitar isso, esperando que eles realmente encontrem felicidade, porque o mais importante na vida é curtir. Se para ele curtir a vida significa deixar o futebol por um tempo, que seja e envio a ele um abraço."

(Reportagem de Iain Rogers)