Organizadores de Londres 2012 defendem campo de hóquei após lesão

quinta-feira, 3 de maio de 2012 11:43 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES, 3 Mai (Reuters) - Os organizadores da Olimpíada de Londres 2012 defenderam o campo de hóquei sobre grama dos Jogos depois que um jogador da Austrália sofreu uma lesão na superfície artificial azul que o deixou de fora da competição.

O jogador de defesa Graeme Begbie, que tinha retornado recentemente ao esporte após cirurgia reconstrutiva no joelho, rompeu um ligamento cruzado anterior quando escorregou e caiu durante um jogo-treino contra a Índia disputado no campo olímpico, na terça-feira.

O treinador da Austrália, Ric Charlesworth, disse à mídia que a superfície era muito escorregadia.

"Toda Olimpíada é a mesma coisa, eles colocam novas superfícies e não as usam antes de jogarmos", disse ele ao jornal Daily Telegraph. "Perdemos Begbie e isso é de partir o coração para ele."

James Bulley, o chefe de locais de competição e infraestrutura da organização dos Jogos, afirmou a repórteres durante uma série de eventos-teste no Parque Olímpico que os organizadores tinham seguido as instruções exatas da federação internacional de hóquei na grama (FIH, na sigla em inglês).

"Nós montamos o campo de hóquei um ano antes de a competição olímpica começar", disse ele. "Antes mesmo das arquibancadas serem construídas, nós tivemos jogadores jogando naquele campo. Por isso, a superfície teve tempo de se assentar corretamente."

"Segue exatamente as exigências da FIH em termos de processo de assentamento e especificação. Então essa é a forma adequada para gerenciar e construir o campo."