Lutador britânico é suspenso após teste de doping dar positivo

quinta-feira, 3 de maio de 2012 12:55 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES, 3 Mai (Reuters) - A maior esperança da Grã-Bretanha na modalidade olímpica de luta greco-romana, o atleta nascido na Ucrânia Myroslav Dykun, foi suspenso e corre o risco de perder a Olimpíada de Londres 2012 após ser pego em um teste de doping, afirmou a Federação Britânica de Lutas, nesta quinta-feira.

"Ele apresentou teste positivo para a amostra 'A' e foi suspenso com efeito imediato. Nós acreditamos que é do grupo das anfetaminas", afirmou o executivo-chefe da Federação britânica da modalidade, Colin Nicholson, à Reuters.

O lutador de 66 quilos, que foi medalha de ouro nos Jogos da Comunidade Britânica de Nações em 2010, enfrenta um possível banimento de dois anos se um teste da amostra 'B' confirmar o resultado positivo inicial.

A Associação Olímpica Britânica, que nesta semana perdeu a batalha para impor suspensões olímpicas vitalícias em casos de trapaças com drogas - a pouco mais de dois meses do início dos Jogos de Londres, em 27 de julho - não comentou o caso imediatamente.

Entretanto, a Agência Anti-Doping Britânica confirmou em uma declaração que um atleta havia sido suspenso após um teste realizado como parte do programa de exames da organização antes dos Jogos.

"Queremos deixar claro que não há lugar para atletas que busquem se dopar no esporte. Nós continuaremos a trabalhar sem descanso para proteger os direitos dos atletas limpos na preparação para Londres 2012 e além", afirmou o chefe do setor jurídico da Agência Anti-Doping Britânica, Graham Arthur.

(Reportagem de Alan Baldwin)