Fifa volta a criticar ritmo de preparativos do Brasil para Copa

sexta-feira, 4 de maio de 2012 19:46 BRT
 

Por David Ljunggren

OTTAWA, 4 Mai (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, manifestou preocupação com a demora nos preparativos para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, e disse esperar que os atrasos sejam compensados assim que possível.

Mas Blatter - que se reúne na semana que vem com autoridades brasileiras para discutir o assunto - afirmou também estar confiante na capacidade do país para realizar o torneio.

Em março, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, causou polêmica ao dizer que os brasileiros precisavam levar um "chute no traseiro" para acelerar as obras necessárias à realização do Mundial de 2014 e da Copa das Confederações, um evento-teste no ano anterior.

Blatter pediu desculpas pela fala de Valcke, mas disse que ainda tem preocupações com o ritmo das obras.

"Em algum lugar há alguns atrasos, e o que estamos fazendo agora é assegurar que o que não foi (feito) no passado será feito assim que possível, e não depois", disse Blatter em inglês a jornalistas.

"Por enquanto estamos um pouco preocupados com algumas construções. Mas vocês sabem, construções, se você pressiona e dedica muita energia, podem ficar prontas a tempo", afirmou ele após um evento em Ottawa relacionada à Copa do Mundo Feminina de 2015, que será no Canadá.

Na semana que vem, Blatter manterá dois dias de reuniões em Zurique com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e o comitê organizador brasileiro.

O presidente da Fifa observou que a África do Sul também sofreu com atrasos, mas acabou conseguindo realizar satisfatoriamente a Copa de 2010.   Continuação...

 
O presidente da Fifa, Joseph Blatter, chuta bola durante evento em Ottawa nesta sexta-feira, quando ele voltou a criticar os preparativos do Brasil para a Copa do Mundo de 2014. REUTERS/Patrick Doyle