Sochi, na Rússia, pronta para sediar Jogos de Inverno 2014

domingo, 6 de maio de 2012 15:42 BRT
 

Por Karolos Grohmann

6 Mai (Reuters) - A cidade de Sochi, no Mar Negro da Rússia, está pronto para sediar o maior evento esportivo do mundo depois das Olimpíadas de Londres, os Jogos de Inverno de 2014, disse o organizador-chefe Dmitry Chernyshenko neste domingo.

Sochi, a primeira cidade russa a receber os Jogos de Inverno, já realizou diversos eventos em sua cadeia de montanhas e se prepara para conduzir seus maiores testes ao longo dos próximos 12 meses.

"É um momento muito empolgante para um projeto como este, e estamos planejando e trabalhando já há sete anos para que estas duas semanas (em 2014) sejam perfeitas", declarou Chernyshenko à Reuters em ume entrevista por telefone.

"(Em 2012/13) teremos a última oportunidade de testar toda a infraestrutura de última geração. Na última temporada, foi a cadeia de montanhas, nesta temporada as duas cadeias com mais de 48 eventos, 22 dos quais são de nível internacional".

A despeito do que Chernyshenko chamou de "o maior canteiro de obras do mundo", os planos de uma corrida de Fórmula 1, também em 2014, não serão afetados. O Comitê Olímpico Internacional (COI) se reserva o direito de cancelar a corrida se seus preparativos atrapalharem o progresso dos jogos.

Chernyshenko disse que os organizadores elaboraram planos para maximizar o uso das instalações -os boxes da F1, por exemplo, também serão usados durante a Olimpíada de Inverno- e a primeira prova de F1 da Rússia está a caminho.

Sochi designou 120 especialistas para adquirir experiência nos Jogos de Londres e outros 100 de seus melhores voluntários para o evento entre julho e agosto.

"Estamos aproveitando algumas das conquistas (de Londres) como rascunho para minimizar os gastos de forma a otimizar os esforços", afirmou Chernyshenko, que cuidou dos preparativos da estaca zero, já que Sochi e sua cadeia de montanhas vizinha não possuíam virtualmente nenhuma instalação quando se candidatou.

"Todos os sistemas, administração de contratos, de bens, organização e construção estão sediados em Londres", disse ele.

(Edição de Patrícia Duarte)