Vitorioso, City se aproxima de seu primeiro título desde 1968

domingo, 6 de maio de 2012 16:36 BRT
 

Por Mike Collett

LONDRES, 6 Mai (Reuters) - O Manchester City deu um grande passo rumo ao seu primeiro título em 44 anos ao bater o Newcastle United por 2 x 0, arrebatando a liderança do Campeonato Inglês do Manchester United no saldo de gols com uma partida para o final da competição.

Os dois times têm 86 pontos depois que o United derrotou o Swansea City por 2 x 0 em casa, mas os 63 gols do City são oito a mais que os do United e podem ser o fator decisivo na corrida pelo título.

A menos que o City, que venceu 17 e empatou uma das 18 partidas que jogou em casa, perca pontos para o Queens Park Rangers, ameaçado de rebaixamento, e o United derrote o Sunderland, o City conquistará o troféu pela terceira vez em sua história.

Se os dois rivais vencerem suas últimas partidas, a única maneira de o United conseguir seu 20º título seria uma vitória sobre o Sunderland com pelo menos oito gols a mais que o City, e mesmo na incrivelmente imprevisível temporada atual isso é muito improvável.

O time de Roberto Mancini, que recuperou a vantagem de oito pontos que o United tinha um mês atrás, jogou soberbamente no êxito sobre o Newcastle, cujas esperanças de uma vaga na Liga dos Campeões agora estão por um fio.

Yaya Touré marcou dois gols nos 20 minutos finais depois de ser pressionado por Mancini, cuja equipe venceu seus cinco últimos jogos na liga inglesa e derrotou o United por 1 x 0 na segunda-feira.

Os gols de Paul Scholes e Ashley Young deram alguma alegria à torcida abatida do United, resignada com o pesadelo de ver o título ir para o clube adversário, apelidado de "vizinho barulhento" pelo técnico Alex Ferguson quando emergiu com força graças ao investimento de seu proprietário, o xeque Mansour de Abu Dhabi, alguns anos atrás.

Ferguson foi ao gramado depois do jogo para agradecer a torcida por seu apoio.

"Com sorte, a semana que vem será a maior comemoração de nossas vidas", disse ele sem muita convicção. "A vitória de hoje nos dá esperanças", declarou ao canal de TV Sky Sports News. "Temos a semana que vem e o Queens Park Rangers precisa de um ponto, então nunca se sabe".

"Mas a coisa certa a fazer é enfrentar o Sunderland com o espírito e a atitude corretos e tentar vencer a partida".